Vida e Morte – O que a Natureza nos ensina?

Ensinamentos da Natureza sobre a Vida e a Morte onde a Vida está relacionada com a árvore que sobe para o Céu
e a Morte com as raízes sob a terra.





No ventre da mãe, inicia-se a vida humana.
Um corpo é preparado para receber a alma que habitará esse corpo.

O ventre está associado ao interior da terra, que abriga a semente que virá à luz.

De onde vem essa alma? O mistério da alma inicia-se aí.

O intervalo entre o nascimento e a morte, esse período onde vivemos nossas experiências e portanto, podemos aprender, tem várias mortes.
Períodos onde nossa vida muda completamente e vive situações diferentes.

A cada fase da vida, abandonamos uma vida passada para renascermos em outra, com características muito diferentes.

É assim quando de crianças passamos a adolescentes, de adolescentes à vida adulta, à maturidade e à velhice do corpo. Digo do corpo, porque quando nossa alma desperta, ela sabe que o corpo é apenas um instrumento do espírito que habita o corpo.

A alma identificada com o corpo, não está desperta. E portanto, está envelhecida e cansada como o corpo idoso.

E talvez fique infantilizada, de olhos fechados e culpando às circunstâncias por seus fracassos.
A alma desperta reconhece sua responsabilidade pelas situações que atrai e busca aprender com elas.

A primeira morte acontece quando deixamos a vida intrauterina, o aconchego do ventre materno mas também a ausência de luz, e nascemos para este mundo.
Nascemos para a luz trazida pelo Sol.

A morte definitiva neste mundo está associada a regressar à escuridão, ao seio da terra, onde nosso corpo se desfaz porém nossa alma segue seu destino.

Pelo contrário, renascemos em vida todas as vezes em que deixamos nosso modo de pensar antigo e renovamos nossa vida com novas percepções, ampliamos nossa visão interna.
Perdoamos aos que nos decepcionaram ou nos maltrataram e
passamos a viver de acordo com essa visão.

Portanto, nosso corpo pertence à terra e nossa alma ao céu.

Perceber essa realidade nos anima a caminhar compreendendo que somos filhos da eternidade
e nos tornamos imortais em vida, quando abrimos nossos olhos para a vida da alma.

Os mestres do espírito vem nos ensinar a  integrar o corpo e a alma, e a comungar com a Vida.

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *