Feng Shui – Qual a melhor posição de móveis para gerar energia positiva?

A posição dos móveis (não só a cama!) é um fator muito importante na circulação das energias positivas nos ambientes.

Feng Shui nos ensina muita coisa. Nos ensina que existe um equilíbrio dinâmico entre o equilíbrio dentro de nós que se reflete no ambiente. Quando tornamos o ambiente mais harmônico, ele transmite a harmonia e nós sentimos e somos alimentados por ela.

O que é Feng Shui?
É a arte da organização dos ambientes.
O que é Feng Shui Lógico?
É a arte da organização dos ambientes em sintonia com as estações do ano com as 4 estações do ano e seus 4 pontos intermediários.

Hoje nossa aula é sobre a melhor posição dos móveis em cada ambiente para gerar maior circulação positiva.
É preciso observar e “perceber”, “sentir” quando podemos melhorar a circulação, isto é, o espaço entre as coisas.
Quando o conjunto formado pelos móveis, quadros, luminárias, plantas, ativação da área do baguá segundo a luz solar se “encaixam”, temos a sensação de um espaço melhor aproveitado, com mais harmonia e beleza.
Quando isso não acontece, o ambiente transmite que está “sufocado”, a energia não flui. Essa sensação passa por você, mesmo que você ainda não perceba o porquê.

Isso é a integração dinâmica entre nosso equilíbrio pessoal e ambiental, isto é, Feng Shui Lógico.

Qual a explicação de Feng Shui segundo Confúcio?
“A energia deve fluir suavemente (dentro de você e dos ambientes) como um riacho sinuoso que desce suavemente a montanha dia e noite sem cessar.”
Essa é a imagem da energia fluindo dentro dos ambientes.Ou de vida fluindo de forma viva, agradável, dinâmica.

A base dessa arte-técnica é aumentar sua percepção.
Antes de iniciar esse assunto, assista aos vídeos que explicam o que impede a entrada das boas energias em sua casa:

Posição dos móveis:
Excesso de móveis ou de objetos
– podem causar desorientação. Também, excesso de coisas podem embaralhar nossa percepção e nossa sensação de liberdade de movimentação. Isso é evidente: esbarrar nas coisas é muito desagradável. Mesmo visualmente o ambiente fica pesado, agindo contra nosso ânimo.  
– Verifique a posição dos móveis, se permitem a circulação livre dentro de casa, sem esbarrar ou ter que desviar de um móvel.

– Verifique se há excesso de móveis: menos em termos de energia é mais, porque provoca uma sensação muito agradável de espaço entre as coisas que se traduz em liberdade interior.
A regra nesse caso é o seu julgamento: olhe atentamente e perceba se tem algo que não agrada.

  • Móveis de madeira escura absorvem muita energia dos ambientes, portanto, só se aconselha quando o espaço for grande;
  • Muitas vezes, uma mudança de posição, até troca de ambiente, ou mesmo um posicionamento diferente pode dar a sensação de que você está em uma novo ambiente, sem gastar dinheiro.
  • Atenção:
    Quando comprar um móvel ou um objeto de decoração, procure sempre não agir por impulso, calculando como ele irá interagir no ambiente.
    O tamanho do móvel é compatível com a posição que ele está?

    Os corredores e a circulação dos ambientes devem permitir a livre circulação: se o móvel está colocado de forma a diminuir esse caminho, deve ser repensado sua colocação.

    Coisas atrás da porta costumam bloquear a energia.
    Coisas penduradas atrás das portas também.

    Pode cabeceiras encostadas na janela?
    Aplica-se a regra dos males o menor.
    Se não houver outra posição, verifique se durante a noite não entra vento que possa prejudicar a saúde. E é mais importante ainda a cama ter cabeceira.

    Estabeleça linhas de referência para colocar objetos e quadros – a má colocação pode transmitir sensação de confusão, causando dores de cabeça, e uma sensação de inadequação perante a vida.

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *