No Túnel da Quarentena

Olhos de ver – a evolução humana através da História

Antes, uma explicação: o Feng Shui Lógico vê a matéria como expressão do espírito: o mundo invisível se manifesta na matéria. Por isso, todos os assuntos que abordamos tem como meta fazer a ligação entre matéria e espírito. E colocar nossa vida em harmonia com o Todo Maior que nos envolve e sustenta.

Estamos no túnel da quarentena.

A humanidade mergulhou em uma fase de balanços dos últimos tempos.

Estamos repensando o livre-arbítrio? Ou estamos checando o livre-arbítrio?

Porque cada um de nós encontra-se na realidade que criou e está lidando com suas luzes e sombras. É o que o momento cósmico exige de cada um e nós.

A Natureza se refaz, depois de tantos descasos com ela, mantenedora de nossas vidas.

A maior energia responsável pela vida, o Sol, não nos cobra nada por isso. Chegou o tempos de reverenciarmos a obra do Criador, e nos voltarmos a amar de fato e cuidar da Natureza, como ela cuida de nós.

As 3 dimensões e suas características:

Os que ainda não abriram seus olhos para a realidade cósmica que habitamos um planeta que gira suavemente no espaço em torno do Sol, que rege nosso sistema, continuam aprisionados na dimensão da terra, onde “o roto condena o rasgado” e não enxergam a si mesmos.

Esses transitam pelo túnel da quarentena inconscientes, como viveram até aqui. Podem estar recebendo uma chance importante de se darem conta de que a Vida é mais que a matéria. Nessa fase, o egoísmo em que vivem não permitem colocar-se de fato no lugar do outro, portanto o sofrimento é focado apenas em seus desejos não satisfeitos.

Em termos de chakras, dizemos que eles ainda não atingiram o chakra do coração. Vivem de forma instintiva, “estão dormindo”.

Qual a porcentagem de seres humanos que estão nessa fase?

A transição para a 4ª dimensão:

Ao sentir que o mundo puramente material não os satisfaz, e anseiam por ligações mais nutritivas, iniciam a caminhada para o despertar.

Iniciam-se na nova fase, já expandindo seus horizontes. Sentem que tem um coração de carne, e suas alegrias e dores são mais profundas.

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *