A filosofia do Feng Shui

por | abr 24, 2020 | Origens do Feng Shui | 0 Comentários

A filosofia do Feng Shui é trazer bem estar dentro de nós através do equilíbrio e da conexão com a Natureza.

O ser humano está intimamente ligado ao seu ambiente e ao mesmo tempo o ambiente o molda.
Há uma relação estreita entre o Cosmos e cada ser vivente. Os chineses intuíram isso já há muito tempo, e através de observação paciente e criteriosa da Natureza perceberam como somos influenciados pelos influxos que recebemos do Céu e da Terra.

Essa observação iniciou-se baseada em conceitos filosóficos: através da constante mutação a que tudo está sujeito, concluíram a transitoriedade de todas as coisas. Só uma coisa é fundamental: estarmos conectados com a energia cósmica vital (vivermos o Tao, nossa essência), portanto estarmos em harmonia com o ritmo benéfico do Universo.

A Natureza nos ensina com seus exemplos o que é realmente agradável: que a energia dentro de nós e dentro dos ambientes deve fluir suavemente, assim como um riacho sinuoso que desce a montanha.
Esse estudo recebeu o nome de Feng Shui. Vento (Feng) pertence ao Reino Celeste, água (Shui) pertence ao Reino Terrestre, portanto busca harmonia entre o Céu e a Terra através do conhecimento e direcionamento benéfico das energias disponíveis.
Livro Feng Shui Lógico, Stela Vecchi, Ícone Editora, São Paulo, 2004.

COMPRE AQUI: https://loja.fengshuilogico.com/livros-e-apostilas/livro-feng-shui-logico-stela-vecchi-pdf.html

Sobre a Autora

Stela Vecchi

Stela Vecchi estuda sobre Amor e Felicidade há mais de 40 anos. Fundadora da Escola Feng Shui Lógico, também chamado de Feng Shui Solar. É um método prático e consagrado que simplifica o Feng Shui sem alterar sua essência milenar. Feng Shui Lógico busca criar o equilíbrio nos ambientes para facilitar a conquista de seu equilíbrio pessoal. O resultado é uma residência mais aconchegante e que favorece a saúde, a harmonia, a prosperidade. E Amor: sem equilíbrio, o Amor não permanece.

Veja mais conteúdos

Também do seu Interesse

Comentários

Participe da conversa

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *