Essência e Transcendência – Anamaria Lopes Rodrigues

Nas entrelinhas do tempo
Saio do casulo do meu coração.

Nas entrelinhas do tempo
Sou eu menina mulher.


Nas entrelinhas do tempo
Encontro no final do arco iris,
O pote onde meus sonhos se escondem.


Nas entrelinhas do tempo
Compreendo a solidão da minha essência só.


Nas entrelinhas do tempo
Vivencio o mais puro e profundo amor.


Nas entrelinhas do tempo
Inicio a longa viagem de volta para casa!

Anamaria Lopes Rodrigues

Sobre ela mesma:

Estou como Anamaria nessa passagem pelo nosso lindo planeta.
Sou uma buscadora de entender essa essência que habita esse corpo que tenho para chegar até o jardim da minha alma.


Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *