Sobre o Tempo na 5ª dimensão

Como sentimos o TEMPO de acordo com a frequência que estamos?

O Antes e o Depois.

O intervalo entre o momento de semear, iniciar uma etapa em nossa vida, e o momento de colher os frutos e avaliar o caminhar.

O intervalo entre os acontecimentos, segundo Eisntein.

Isso se denomina TEMPO.

Adentrando em novas frequências

O tempo age fortemente na 3ª dimensão, entendida aqui como a frequência vibratória do estágio incipiente da consciência ainda não desperta.

Ao iniciar nosso processo de abertura da visão interior, quando percebemos Maya, penetramos na 4ª dimensão, a frequência vibratória preparatória.

Buscamos viver Com Ciência de nossas ações e frutos delas.

Compreendemos claramente que o Reino dos Céus, denominado também de 5.ª dimensão, está dentro de nós. E é nossa responsabilidade vivermos de acordo com suas leis.

Existem muitas outras dimensões em nosso Universo, mas essas são as características de nosso Planeta Terra, que através do eixo do Tempo e do Espaço vai se revelando para os despertos.

O desapego aos resultados e a dedicação ao aperfeiçoamento de nossos pensamentos e ações abrem o chakra coronário, onde sentimos a Paz.

Com o aumento da visão interna (percepção) e a cura de nossos bloqueios nos tornamos como crianças que depositam no pai todas as suas preocupações. Nossa confiança se torna uma convicção irrestrita: todas as coisas contribuem para o nosso bem e sabemos disso.

Vivemos despreocupadamente, usufruindo do banquete que a Vida nos proporciona. E crescendo sempre no Amor, revelando Deus, o Criador, que habita dentro de nós.

Esse estágio, o da 5.ª dimensão vibratória, é próprio dos que amam a Deus acima de todas as coisas e por essa razão são seus filhos amados.

Percebemos que as circunstâncias nos afetam cada vez menos, cientes de que tudo é instrumento e a Vida é o Dom Maior.

Que cada um é muito amado e cuidado por Ele, que reside em cada um de nós.

Que Ele é onisciente, onipresente e onipotente.

E que o Sol, com sua luz, é para nós a criatura que mais se assemelha a Ele.

Portanto, quando a consciência desperta anula em nós as fortes influências de Maya, entramos no Tempo Sempre Presente. Denominado também de Vida Eterna.

É só e sem ninho que a águia voa rumo ao Sol. Khalil Gibran

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *