Bastão da verdade do coração:
faça o seu

A mente sadia se instrui sobre muitas coisas mas a grande alquimia acontece no coração.

A razão humanizada pelo coração é que integra nossa mente e coração, e nos tornamos Um com o Todo Maior.

A morada do meu Pai

É no coração do mundo

Onde existe todo Amor

E tem um segredo profundo. (Mestre Irineu R. Serra)

Vou ensinar vocês a falar com o coração…

Primeiro, busquem um galho e o ideal é que vocês encontrem, em um passeio pela natureza.

E antes de iniciar a busca, conecte-se com seu Eu Superior e com a Natureza, pedindo permissão para retirar esse galho para esse uso que vc irá dar.

Tudo deve ser feito com concentração, consciente de sua respiração.

Coloque uma ponta de cristal de quartzo transparente na ponta. Fixe com cola. E ornamente com sua criatividade.

Como realizar a sessão:

  1. Segure o bastão com as 2 mãos em frente ao coração.
  2. Responda as perguntas que estão na meditação no final deste texto evitando pensar, aguardando que a palavra seja dita vinda de seu coração.
  3. A pessoa não pode ser interrompida enquanto estiver com o bastão. Se houver muitas pessoas, é pedido que a pessoa diga poucas palavras.
  4. Ao terminar, ela diz Aho ou ainda Ahow (as duas expressões são usadas). E passa o bastão para a pessoa que está à sua direita.
    Nota: A expressão “Ahow” é uma antiga saudação tribal atribuída aos povos nativos americanos. É uma expressão de profundo agradecimento ao mistério da Vida, ao Grande Espírito e ao espírito que nos habita.
  5. O dirigente fala por último e com um agradecimento finaliza a sessão.

Procedimentos: reúna duas ou mais pessoas. Sentem-se em círculo, em volta de uma vela ou fogueira, se tiver essa possibilidade.

Após sentarem-se em silêncio, façam 3 respirações profundas e em seguida leiam juntos essa oração:

Essa oração atribuída aos índios norte-americanos nos ajuda a meditar no mistério da vida humana:

Toda a força de Wakan Tanka, Grande Espírito Criador!

Grande Mistério !

Ensina-me a confiar em meu coração,
Em minha mente,
Em minha intuição,

Em minha sabedoria interna,
Nos sentidos do meu corpo
Nas bênçãos do meu espírito

Ensina-me a confiar nessas coisas
Para que eu possa entrar em meu espaço sagrado
E amar muito além do medo

E assim caminhar na beleza
Com o passo do glorioso Sol.

Que a Paz, fruto de um coração sem medo, manso e forte, esteja sempre em seu coração.

Fiquem em silêncio por alguns minutos, e alguém do grupo dirige essa meditação:

Encontre um lugar calmo e silencioso.
De frente para o Leste (local onde nasce o Sol), sente-se confortavelmente e com a coluna ereta.
Pés no chão, sem cruzar as pernas.

Segure nas mãos na altura do coração uma selenita ou um quartzo rosa.

De olhos fechados, inspire profundamente, segure o ar contando até 4 e expire pela boca, visualizando uma luz suave solar envolvendo você.

Agora, foque em seu coração.
Tente não pensar, mas apenas “ouvir” o que seu coração tem a lhe dizer.
Como ele está se sentindo? O que o incomoda? Sente mágoa, ressentimento?
Ou, sente-se pleno dentro de si, preenchido pela Paz?

Dependendo da resposta, veja como pode cuidar dele. Dele depende seu bem-estar, sua alegria em estar vivo (a). Ele o religa ao cosmos e à fonte de vida que mora em você.
Nele, você encontra tudo que precisa para compreender os mistérios que envolvem a Vida Cósmica.
O que o nosso amado Cristo veio nos ensinar.
O paraíso está dentro de você.
A paz também.

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *