Inconsciente, o inimigo oculto dentro de nós

O inconsciente é o maior inimigo daquele que o ignora.

A sabedoria oriental ensina que o maior trabalho de nossa vida é tornar o inconsciente consciente, e assim sair da Samsara, a roda de encarnações inconscientes.

O inconsciente influencia de forma subliminar nossos pensamentos e ações até que o reconheçamos em nós. Só então tiramos a trave de nosso olho, o que nos impedia de ver a realidade tal qual ela é.

Quando iluminamos nossas sombras, as tornamos visíveis. E portanto, podemos lidar com ela com compaixão e sabedoria.

O próximo passo é o não-julgamento, a aceitação desse lado de nossa personalidade. E a busca da cura interior.

Esse é um processo que exige muita coragem de nós. “Arrebatamos” nossa cura pagando o preço que precisamos pagar para vivermos as experiências que nosso inconsciente exige para que se tornem sabedoria.

Esse é o processo que nos torna sábios. Aprendemos então a discernir e a escolher com consciência, com sabedoria, com perspicácia, o que nos faz bem.

Só assim podemos dizer que, de fato, iniciamos a vida integrada com os olhos da alma abertos também.

Para o Feng Shui Lógico, o inconsciente está representado pelas áreas e armários de nossa casa que entulhamos as coisas, por objetos carregados de emoções, garagens escuras e mal organizadas, porões e sótãos.

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *