Qual o valor do dinheiro para você?
A forma como usamos revela muito de nós mesmos

Dinheiro só é bom na medida certa: nem de mais nem de menos

Cada um de nós precisa aprender a lidar com o dinheiro.

Porque o uso que fazemos do dinheiro revela muito de nós mesmos, de nossas emoções e da forma como enxergarmos a vida.

O valor do dinheiro está na forma como recebemos, das fontes que ele vem.

E da forma como gastamos esses recursos.

Se você tiver dinheiro de mais, será muito difícil fazer suas escolhas e conhecer-se a fundo, porque ele vira uma fonte de distração muito grande. Sem administrar de forma sábia, sem tornar-se avarento nem gastador, ele se torna um veneno para sua alma e provoca situações onde facilmente você será enganado (a).

Ou servimos à Deus, ou às riquezas, onde se inclui o dinheiro.

E se você tiver dinheiro de menos, a preocupação em como pagar suas contas também irá distrair você da verdadeira finalidade da vida: evoluir para ser um ser humano cada vez mais pleno e em equilíbrio.

Quando temos dinheiro na medida certa, precisamos avaliar o custo e o benefício na forma de usá-lo e isso se torna um auxiliar em nossa busca de autoconhecimento: o que de fato eu dou valor?

Qual a importância que eu dou às coisas em minha vida?

Sou capaz de, como a viúva que tinha poucos recursos, reservar uma quantia (a quantidade é o de menos!) de ser caridosa (o)?

Então o equilíbrio nessa área também é a chave para o dinheiro não se tornar um empecilho para a evolução de sua alma, o sentido último de sua existência.

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *