Os 7 chakras e os seus significados na prática

por | set 25, 2016 | Autoconhecimento | 0 Comentários

Os 7 CHAKRAS:
Conheça cada um dos 7 Chakras e seus pontos de equilíbrio 
A palavra chakra vem do sânscrito e significa roda, círculo ou movimento. O chakra tem a aparência de uma roda sempre circulando, sempre em movimento.

São divididos em três grupos: inferior (1º, 2º e 3º), médio (4º) e superior (5º, 6º e 7º) e existem três nós (1º, 4º e 6º) a serem quebrados por onde é liberado o fluxo de subida da energia Kundalini.

O coração possui duas oitavas. A segunda oitava é liberada quando é feita pelo chakra da coroa a ligação cósmica.
Nossa intenção ao incluir esse tópico é esclarecer a importância de conhecermos os graus de liberação energética e onde podem alojar-se os bloqueios emocionais e as doenças, quando esses centros não estão fluindo adequadamente.
Também aqui é preciso levar em consideração o código genético e compreender as diferenças entre nós.

APÊNDICE:
Temos 3 tipos de  Inteligência que estão diretamente ligadas ao desenvolvimento dos chakras:  QI, QE e QS
(retornamos logo após a nossa explicação sobre os chakras)

Agora vamos compreender um outro aspecto do uso dessas inteligências.
Definimos aqui inteligência como a capacidade de administrar nossa vida com o máximo de satisfação possível em harmonia com nosso caminho evolutivo em todos os níveis, integrados.
A finalidade é ter cada vez mais saúde emocional, mental e espiritual. A física é um reflexo dessas outras, porém sabemos que um corpo físico pode ter fragilidades, enquanto que o espírito consciente é forte. Já sabemos que para auxiliarmos na evolução de nossos semelhantes precisamos estar nesse patamar ou pelo menos caminhando em direção a ele.

Cada corpo vibracional interfere no funcionamento dos outros. Por essa razão que a integração entre todos eles é nosso objetivo.
Não devemos esquecer que isso é feito naturalmente pela natureza, nossa função é apenas compreender e facilitar o trabalho da natureza. Forçar a liberação de um chakra não é aconselhável. Porém podemos tirar as “sujeiras” que impedem a subida da energia.
O corpo emocional será transcendido, unindo-se ao corpo espiritual quando é feita a conexão com o macrocosmo. Só então acontece a integração entre o topo da cabeça, ou coroa, e o coração, integrando a personalidade e subindo a vibração de todos os chakras. Matéria e Espírito em harmonia.
Como vimos, até nosso ponto de conhecimento, até pouco tempo considerávamos três, cada um de nós possui quatro corpos:

 Corpo físico = corpo etérico (vitalidade) = inteligência corporal
 Corpo emocional ou astral = capacidade de lidar com suas próprias emoções e de lidar com as reações emocionais dos que estão à sua volta = inteligência emocional
 Corpo mental = constituído pelos conhecimentos adquiridos e conscientes = inteligência mental
 Corpo espiritual = ligação consciente com a Vida = inteligência espiritual

Voltando aos chakras:

Os chakras são como reservatórios que contêm energia específica de cada “degrau”.
Poucos de nós ascendem acima do coração, portanto poucos têm acesso a prazeres mais sutis.
Um das causas principais para isso é o apego.
No caso dos chakras a justiça é um fato porque não ascende quem não merece, isto é, quem não se dedica a usar todas suas capacidades, seus dons, além de estar no tempo para isso ocorrer (existem chakras que são abertos depois de experiências que só a fase madura pode proporcionar, por causa do amadurecimento emocional exigido).
Amor a Deus, seguir as inspirações e ter pureza de intenção na verdade de seu coração é de fato o que libera passo a passo essas energias.
Segundo Gibran, é só e sem ninho que a águia voa rumo ao Sol, portanto independência de pensamento também é essencial, além da coragem.

Vocês irão perceber que os chakras são interligados, um chakra pode ajudar ou prejudicar os demais, e que por isso as fronteiras não são tão definidas.
O importante é você saber que sempre pode sentir-se cada vez melhor, porque é um caminho infinito que estamos começando a compreender agora.
Para nossa evolução consciente, o equilíbrio reside no coração, meio entre os chakras inferiores e os chakras superiores. Por isso é fundamental não guardar nem de forma subconsciente qualquer incompreensão ou mágoa em nosso coração. Perdoar é uma necessidade e essa é a chave.
As fontes de energia que alimentam os chakras podem ser: telúricas; celestiais; luz do espírito; prana; kundalini; outro ser desta ou de outra dimensão.

Vamos aqui abordar os principais chakras. Sabemos que existem muitos mais. Para complementar veremos também a simbologia, isto é, as associações entre cada chakra e seu mais profundo significado:

1. Chakra Básico Kundalini Muladhara Portal do Curumin
Reservatório vital
Localização: base da coluna – cóccix
Glândulas: Gônadas
Cor: vermelho
Frequência: Nota Musical Dó

Chakra Básico ou Kundalini (Palavra sânscrita que significa “enrolado como uma serpente” e também o fogo latente na matéria). É a matéria prima que recebemos, a quantidade de energia que dispomos e que está em nossas mãos expandir (amor saudável por si mesmo) ou retrair (não nos aceitamos integralmente). O mapa astral nos ajuda a conhecer a força que temos e os meios de desenvolvê-la. É nosso instinto de sobrevivência.
Está localizado na base do cóccix (base da espinha dorsal) e relaciona-se com as glândulas reprodutoras e sexuais (genitais, pélvis e membros inferiores).
Este é o vórtice por onde o corpo recebe as energias telúricas, provenientes do centro da terra. Sua força destina-se a capacitar-nos a viver positivamente, dando-nos a garra e o instinto necessário para vencer na vida. Ao mesmo tempo provoca o seu equilíbrio, estimulando o desenvolvimento e funcionamento dos outros Chakras.
É onde reside a energia Kundalini que se movimenta em espiral. Quanto mais sensualidade, mais capacidade energética que pode ser transmutada.
Através dos tempos essa energia sofreu grandes alterações. Duramente reprimida na Idade Média (cinto da castidade, inclusive) favoreceu o desenvolvimento dos centros mais sutis. Hoje, o desafio é compreender o poder dessa força e utilizá-la com sabedoria, sem reprimi-la.

Se a Kundalini representa o poder da matéria, é também o poder de criação do espírito concretizado na matéria. Do ponto de vista simbólico, o sexo traz em si ao mesmo tempo o masculino e o feminino (espírito não tem sexo), como o Sol e a Lua, o Yin e o Yang, o espírito e a alma, o fogo e a água, o princípio ativo e o princípio passivo, o consciente e o inconsciente. O sexo indica não só a dualidade do ser, mas sua bipolaridade e sua tensão interna. Quanto à união sexual, ela simboliza a busca da unidade, a diminuição da tensão, a realização plena do ser. Por isso os poemas místicos adotam a linguagem erótica para tentar expressar a inefável união da alma com seu Deus. (Dicionário dos Símbolos, Jean Chevalier / Alain Gheerbrant).

Quem não aspira a nada, não realiza nada. Aspirar é o começo da subida dessa energia, sem esquecer-se de manter os pés no chão para concretizar suas aspirações.

Funções: Sobrevivência, que compreendem aspectos ligados ao dinheiro, alimentação e procriação.
 Em equilíbrio: Cuidamos da parte material com atenção e prudência, sem nos descuidarmos de nossos outros corpos vibracionais – Nível de confiança alto em si mesmo (a), nos sentimos seguros quanto ao rumo que a vida deve tomar.
 Subativado: Só pensamos na vida espiritual – Nos deixa tão dependentes dos outros que chega à co-dependência. Podemos ter dificuldade para ganhar dinheiro e cuidar de si mesmo.
 Superativado: Só pensamos na vida material – Tende a nos transformar em uma governanta que toma conta de tudo menos de si própria.

Elemento: Terra. Podemos estimular esse centro andando sem sapatos sobre a grama, a terra, ou sentando em pedras aquecidas pelo Sol. Aqui pedimos firmeza.
Feng Shui Lógico: Podemos dizer que o o centro da residência nos ajuda a equilibrar todas as áreas do baguá.

O centro de sua casa é muito importante: ancora a serenidade. Como ativar?

2. Chakra Esplênico – Umbilical Swadhisthana Portal do Dançarino
Localização: 5 cm abaixo do umbigo
Glândulas: Supra-renais
Cor: laranja
Freqüência: Nota Musical Ré
É onde nos definimos em relação aos outros.
Supervisiona nossas emoções. Nossa autoestima parte daqui, quando amadurecemos nossas emoções.
Todos os comportamentos viciados estão armazenados aqui.
A energia sexual e a intimidade estão ativadas a partir deste chakra.
Supervisiona as questões físicas relativas aos intestinos, ovários e a parte inferior da coluna vertebral.

Características: Suprarrenais segregam adrenalina. O medo e a cólera excitam instantaneamente as suprarrenais, e o excesso de adrenalina lançado no sangue, além de aumentar-lhe a pressão, produz a contração dos vasos sanguíneos periféricos, eleva a quota de glicose fornecida aos músculos, aumentando assim a capacidade do esforço muscular. As suprarrenais são as reguladoras do admirável mecanismo automático que nos prepara para a luta ou para a fuga, mandando farto suprimento de sangue e combustível para os membros e diminuindo o perigo de perda de sangue em casos de ferimentos, pela constrição dos vasos periféricos, ao mesmo tempo em que incita o coração a trabalhar mais depressa.
 Em equilíbrio – A pessoa sente-se emocionalmente equilibrada e à vontade com quem é no mundo.
 Subativado – Tem medo de expressar-se. Emocionalmente fechada, alheia às suas emoções e deprimida. Sente-se com frequência solitária e com dificuldades no acesso à sua energia criativa.
 Superativado – Tendência a compensar seu excesso de energia se alimentando ou praticando sexo em excesso . Pode ficar propenso a absorver indevidamente os estados emocionais dos outros. Seu senso de paixão e criatividade é usado para agradar aos outros e não para sua própria aprovação.

Elemento água: Podemos equilibrar bebendo mais água, tomando banhos de mar e de cachoeira.
Aqui pedimos flexibilidade.
Feng Shui Lógico: Águas marinhas e ou fontes no Trabalho (área SUL de sua casa no H. SUL). Coloque uma pequena Água marinha debaixo do travesseiro antes de dormir.

3. Chakra Plexo Solar – Vontade Manipura Portal do Guerreiro
Localização: plexo solar, um pouco acima do umbigo
Glândulas: Pâncreas
Cor: amarelo
Freqüência: Nota Musical Mi
Está localizado no plexo solar, num local um pouco acima do umbigo e está ligado ao pâncreas.
Está também intimamente relacionado com as emoções.
Por ser o responsável pela energização do sistema digestivo, muitos o consideram como o centro das emoções inferiores, como a raiva.
Quando bem equilibrado o indivíduo sente-se alegre e bem humorado.
Quando muito energizado ele aplaca os medos da vida e libera o ser das prisões criadas pelas paixões humanas. Nasce o guerreiro.
 Equilibrado – Nos direcionamos e somos capazes de avançar rumo às metas e desafios de nossa vida.
 Subativado – Tendemos a não termos muita energia, a perder a capacidade de impulsionar projetos e de pensar com clareza. Podemos nos sentir impotentes e sem qualquer sentido de disciplina ou força de vontade.
 Superativado – Tendemos a ser muito voluntariosos, manipuladores, controladores, tentando conseguir as coisas à nossa maneira, forçando as coisas a acontecerem.

Elemento: Fogo. Admirar, ver, fazer fogo ativa este chakra.
Aqui pedimos fortaleza e adquirimos poder.
Feng Shui Lógico: Granada ou jaspe vermelho no Sucesso. Verificar a área de sucesso e colocar algo em vermelho.

4. Chakra Cardíaco – Sentimentos Anahata Portal da Anciã
Tem duas oitavas – a segunda precisa ser despertada
Localização: centro do peito – coração e pulmões – complemento: palmas das mãos
Glândulas: Timo
Cor: verde, rosa e dourado
Freqüência: Nota Musical Fá e Fá Maior

O chakra cardíaco está localizado no meio peito, bem na ponta do osso externo e está ligado à glândula do timo.
Este chakra é o responsável pela irrigação energética do coração. Ele é profundamente afetado por qualquer alteração ou desequilíbrio emocional, portanto, é o local mais vulnerável do ser humano.
O treinamento efetuado com este chacka provoca um balanceamento no batimento cardíaco, melhora o trabalho do coração dando mais energia e saúde ao órgão, provocando uma dessensibilização dos ataques da vida diária e dando uma sensação de amor universal ao indivíduo que o auxiliará muito no seu desenvolvimento espiritual.
Quando bem energizado, traz paz de espírito, além de dar condições à pessoa de dar e receber amor livremente e de forma abundante.
O coração é um órgão central. Segundo Pascal, os grandes pensamentos vêem do coração.
Isso acontece quando o coração liberto fez a ligação com o chakra da coroa (topo da cabeça), liberando a verdadeira intuição. Responsável pela circulação do sangue, a paz do coração é o resultado do amadurecimento emocional, da sabermos andar sobre nossas próprias águas, onde água representa emoção.
O duplo movimento do coração (sístole e diástole) nos lembra da atividade e repouso. Por estar no centro tem correspondência com o elemento terra e o número cinco. Tem analogia com o Sol, portanto também com o elemento fogo: o coração pode se elevar até o princípio da luz: da luz do espírito, da intuição intelectual, da revelação, que brilham na caverna do coração.
Só se vê bem com os olhos do coração… Por isso também associado ao chakra do terceiro olho ou ájna (um pouco acima do centro das sobrancelhas).
O coração é o Rei, a função do coração é governar, depois de ascensionado.
Na escrita hieroglífica egípcia o coração é representado por um vaso, isto é, o receptor das benções celestiais.

O coração fortalecido pela serenidade emocional gera poder pessoal, segurança, confiança e fé. Está diretamente ligado a dois chakras menores, localizados nas palmas das mãos. Administra nossa parte superior da coluna, o tórax, os ombros, os braços, as mãos, os pulmões e todas as questões físicas e emocionais relacionadas ao coração.
Pessoas que guardam mágoas, rancores, ódios, estão com esse chakra bloqueado.

O espírito de reconciliação é fundamental para a liberação dessa importante fonte de energia. Sem a pretensão de julgamento, quem ama não precisa concordar com todas as atitudes do outro, porém jamais desejar o mal para ninguém porque o rancor faz mal para nós mesmos, em primeiro lugar. Então, quem ama encontra formas de não julgar as atitudes dos outros, mesmo que não concorde.
Amor faz bem, une, compreende, até além das aparências.
Cada um é responsável por suas atitudes. Respeito à liberdade do outro, até de agir errado, também é um princípio fundamental. E Deus nos dá a liberdade de nos afastar, no Amor, daquilo que não nos faz bem.
 Emocionalmente Amadurecido – Somos capazes de sentir simpatia, de sermos gentis e de amar além das aparências, não permitindo que sentimentos nocivos penetrem em nosso coração. Temos auto-estima e poder pessoal, e em vez de abusar dele, nós o utilizamos para criar bem-estar e alegria.
 Emocionalmente imaturo – Não aprendemos a cuidar de nós mesmos. Nos sentimos insatisfeitos afetivamente e temos tendência a esperar demais dos outros. Agimos com expectativas de recompensas. Podemos perder o sentido de nossa individualidade e entramos na sintonia dos outros, envolvendo-nos constantemente em situações que não são nossas. Sentimos insegurança, falta de confiança e de um sentido e espiritualidade em relação a nossas vidas. Não temos um centro pessoal para o qual retornar. Há dois tipos principais de imaturidade emocional: o depressivo e o tirano (manipulador).
Elemento Ar: Contemplar, observar coisas belas, abstrair o pensamento no amor universal. Namorar a Vida.
Aqui expandimos o Amor.
Feng Shui Lógico: Estimule os lados Leste e Noroeste (Trigramas Trovão e Vento). Coloque quartzos rosas nas áreas de Relacionamento.

5. Chakra Laríngeo Vishuddha Portal do Ancião
Precisa ser despertado
Localização: garganta
Glândulas: tireóide
Cor: azul-celeste, verde e turquesa
Frequência: Nota Musical Sol

O chakra laríngeo está localizado na garganta e está ligado à glândula tireóide. Tem relação com o sexo, portanto chakra básico. Considerado o centro da pureza.
Através da comunicação demonstra ao mundo quem somos nós, quando agirmos de acordo com nossa identidade. Precisa ser despertado pela prática de dizer a verdade.

A verdade do coração sobe à garganta: a boca fala do que está cheio o coração.
Diferenças entre o silêncio e o mutismo:
O silêncio é o prelúdio de abertura à revelação, o mutismo, o impedimento à revelação.
O silêncio abre uma passagem, o mutismo a obstrui.
O silêncio fecundo é uma grande cerimônia.

 Equilibrado – Somos espontâneos e capazes de expressar nossos sentimentos e criatividade, com serenidade e convicção. Podemos advogar nossas próprias causas.
 Subativado – Não nos expressamos com bom senso. Nossa tendência é conter e reprimir nosso ser adulto, ao mesmo tempo em que nos sentimos atolados em questões relacionadas com nossa adolescência.
 Superativado – Podemos nos tornar muito rígidos e autoritários, nos tornamos prepotentes, desejando que todas as coisas sejam feitas à nossa maneira.

Elemento: Éter, Vibração. Exercícios: cantar, recitar mantras, dizer a verdade, permanecer em silêncio fecundo.
Aqui exercemos o poder da comunicação.
Feng Shui Lógico: sodalita, águas marinha. Pode ser colocada embaixo do travesseiro (para estimular essa área) e/ou na área de Autoconhecimento.

6. Chakra Frontal – Terceira Visão – Ájna Portal da Alma
Precisa ser despertado
Localização: um pouco acima do centro das sobrancelhas
Glândula: Hipófise, Pituitária
Cor: azul-índigo Azul royal, dourado ou violeta.
Frequência: Nota Musical Lá
Mantra: Om

Os olhos são as janelas da alma
Se os dois olhos físicos correspondem ao Sol e à Lua, a união dessa visão resulta no terceiro olho, que corresponde à visão da águia. Vemos através dos olhos e além das aparências, com os olhos do coração.
É de fato um órgão da visão interior, e, portanto, uma exteriorização do olho do coração.
O terceiro olho indica a clarividência. Une as capacidades mentais e capacidades do coração para enxergar mais longe.
O olho único significa a unificação: vemos os dois lados das questões, com imparcialidade.
 Equilibrado – Ficamos abertos a receber informação intuitiva e a confiar em nossos sentimentos viscerais sobre as pessoas, lugares e coisas.
 Subativado – Não temos confiança em nossas percepções e procuramos opiniões de outras pessoas como verdades para nossas próprias vidas. Bloqueamos o nosso autoconhecimento para não precisarmos lidar com a verdade de uma situação.
 Superativado – Tentamos resolver tudo por meio da intuição. Confiamos em nossa intuição muitas vezes indevidamente, como recurso de nos furtarmos a lidar com o mundo real. Tendência a não funcionar muito bem no plano físico.
O pavão é um símbolo de contemplação porque possui plumas semeadas de olhos.

Elemento Luz. Exercícios: tocar a região entre os olhos e girar nos dois sentidos horário e anti-horário.
Treinar para ver aura e prana.
Aqui aprendemos a ver além das aparências e adquirimos intuição.
Feng Shui Lógico: lápis-lázuli. Objetos na cor anil. Ativação de todas as áreas do ba-guá para a integração.

7. Chakra Coronário Sahashara , o chakra das 1000 pétalas Portal do Criador
Precisa ser despertado
Localização: topo da cabeça ou coroa
Glândulas: Pineal
Cor: violeta e branco
Freqüência: Nota Musical Si
Idade: 43 à 49 anos ( só uma referência, não deve ser generalizado).
O chakra coronário está situado no topo da cabeça ou coroa e está ligado à glândula pineal. Ele é o canal de absorção da energia cósmica.
Quando bem energizado, coloca o indivíduo em contato com o seu mundo interior mais profundo e desperta o Divino que habita o âmago de cada um, expandindo a consciência para um estado fora do comum chamado, algumas vezes, de iluminação.

Fiscaliza nossa conexão com nossa missão e com nosso caminho específico aqui na Terra. Atua para nós como bússola pessoal, nos dirigindo e orientando no sentido da próxima parte da jornada que faremos aqui. A energia emitida deste chakra age como um transmissor, atraindo e repelindo pessoas e situações que são relativas a nosso caminho. No plano esotérico, nos conecta com nosso “eu superior” e proporciona fonte energética que é usada para a visualização criativa.Também nos conecta com as dádivas que nossa alma traz para legar ao mundo.
a. Aspectos físicos: Crânio, cérebro e funcionamento da hipófise.
b. Pela sua posição no alto da cabeça e sua forma de cúpula, o crânio é comparado ao céu do corpo humano. É símbolo de perfeição espiritual.
 Equilibrado – Sensação clara de estarmos no caminho correto em nossas vidas no tocante ao trabalho, relacionamentos e auto-realização. Somos capazes também de usar sem esforço o poderoso dom de visualização criativa ativado aqui, para estabelecer e adquirir sucesso, dinheiro, felicidade e a capacidade de curar a nós mesmos.
 Subativado – Abdicamos do controle de nossas vidas ou do nosso destino e não temos uma percepção de planos superiores da existência ou espirituais.
 Superativado – Sensação de onipotência e interpretação equivocada do caminho de nossa vida, acreditando que seja nosso destino controlar a vida de outras pessoas. Podemos sofrer de auto-ilusão ou sermos megalomaníacos, opressores ou tirânicos.
Elemento Luz. Exercícios: Olhar e contemplar o Céu. Localizar estrelas.
Aqui expandimos nossa consciência da Vida, nos tornamos co-criadores, portanto adquirimos a sabedoria que dissolve todos os medos.

Saber conviver consigo e com o outro de forma harmônica é uma arte.

A humanidade alcança novos níveis de conhecimento. Como sempre, nem todos estão dentro dessa “arca”. Porém, cada um que passa a viver de acordo com esses novos paradigmas já se constitui a mudança que queremos ver no mundo, como ensina Ghandi.
A divulgação ampla do funcionamento dos chakras faz parte desse novo momento.

O poder vem do conhecimento unido ao amor.

INSCREVA-SE em nosso canal no YOUTUBE e receba vídeos atualizados com dicas e orientações:

Inscreva-se Canal Youtube/Feng Shui Lógico

As melhores energias vêm do amor pela Vida, pelo nosso planeta, pelo nosso solo, pela nossa gente e por nós mesmos. Tudo o mais é consequência disso.

Livro Feng Shui Lógico, Stela Vecchi, Ícone Editora, 2004 – Compre aqui:

feng-shui-logico-stela-vecchi-icone-editora

A história do Feng Shui Lógico: como nasceu a adaptação do Ba-guá para o Hemisfério Sul?

Loja Feng Shui Lógico – Método Solar das Quatro Estações MSQE:
Bolas de cristal facetado com o cordão vermelho; ba-guás (exclusivo) para o Hemisfério Sul; livros e apostilas de Feng Shui Lógico e mais:

Loja Feng Shui Lógico
Confira o Programa do Curso Básico em nosso Website:
Programa Curso Básico de Feng Shui Lógico
Participe dos cursos ministrados por Stela Vecchi:
Feng Shui Lógico: Curso Básico, Avançado e Profissionalizante
Nos cursos de Feng Shui Lógico você recebe informações que serão úteis para toda sua vida!

Visite também o site: www.fengshuilogico.com

Sobre o Autor

Stela Vecchi

Stela Vecchi estuda sobre Amor e Felicidade há mais de 40 anos. Fundadora da Escola Feng Shui Lógico, também chamado de Feng Shui Solar, é um método prático e consagrado que simplifica o Feng Shui sem alterar sua essência milenar. Sua técnica é válida para os Hemisférios Norte e Sul. Feng Shui Lógico busca criar o equilíbrio nos ambientes para facilitar a conquista de seu equilíbrio pessoal. O resultado é uma residência mais aconchegante e que favorece a saúde, a harmonia, a prosperidade. E Amor: sem equilíbrio, o Amor não permanece. Acesse nosso canal: youtube.com/fengshuilogico Livros publicados: Feng Shui Lógico, Ícone Editora, SP, 2004, 3.ª Edição No Céu do Hemisfério Sul – Brasil, um Novo Começo, Edição de Autor O Caminho da Sabedoria, Edicon

Veja mais conteúdos

Também do seu Interesse

Autoconhecimento

A energia do olhar

Os olhos revelam a luz de sua alma, são as janelas da alma, assim nos ensina Jesus.Olhos opacos mostram a ausência de luz interior.Você consegue perceber a linguagem do olhar?Alguns são óbvios...

Comentários

Participe da conversa

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Atendimento WhatsApp