Solstício de Inverno
Hemisfério Sul

por | jun 20, 2016 | Feng Shui Lógico conecta você à Natureza | 4 Comentários

O que é solstício?

O solstício acontece graças aos fenômenos de rotação e translação do planeta Terra, pois graças a eles a luz solar é distribuída de forma desigual entre os dois hemisférios.
O solstício de Inverno significa que a luz do sol não incide com tanto fulgor no hemisfério em questão. São fenômenos opostos dependendo do hemisfério em que um determinado país se encontra. Por esse motivo, quando é Inverno no Brasil (hemisfério sul), é Verão no hemisfério norte.

No solstício de inverno temos a noite mais longa do ano e o dia mais curto.

O Sol atingirá a maior declinação de acordo com a linha do Equador.
Muitos povos celebram essa importantíssima data para a vida em nosso planeta. Entre nós, temos a Festa de São João que marca essa importante data.
É o auge da concentração das forças naturais.

Solsticio

noite_são_joão

Inicia-se o tempo de estruturação para o renascimento na Primavera.
O solstício acontece graças aos fenômenos de rotação e translação do planeta Terra, pois graças a eles a luz solar é distribuída de forma desigual entre os dois hemisférios. O solstício de Inverno significa que a luz do sol não incide com tanto fulgor no hemisfério em questão. São fenômenos opostos dependendo do hemisfério em que um determinado país se encontra. Por esse motivo, quando é Inverno no Brasil (hemisfério sul), é Verão no hemisfério norte.

O Solstício de Inverno é o momento máximo de conexão da Natureza com as energias que ativam o TRABALHO.
Conecte-se com a Natureza e Seu Criador.
E visualize essa força trazendo concentração e foco para sua vida.

Apreciar as forças frias como o abismo dos mares do Inverno exige sabedoria: roupas adequadas, quartos aconchegantes, cores quentes. Proteção contra os ventos frios. Alimentação adequada. Uma taça de vinho encorpado para os adultos.
Por isso está associado ao Trabalho em nossas vidas: descobrir nossa vocação, aquela que aquece nosso coração e dedicar-se a realizá-la com amor, exige tempo e muita percepção.
O Feng Shui associa essa estação ao TRABALHO e CARREIRA, e ao elemento Água.
Inverno: tempo de ativar e rever a área SUL de sua residência:

O Feng Shui associa essa estação ao TRABALHO e CARREIRA, e ao elemento Água.

Passo a passo para ativar o TRABALHO:
Feng Shui no Trabalho – passo a passo

INSCREVA-SE em nosso canal no YOUTUBE e receba vídeos atualizados com dicas e orientações:

Inscreva-se Canal Youtube/Feng Shui Lógico

As melhores energias vêm do amor pela Vida, pelo nosso planeta, pelo nosso solo, pela nossa gente e por nós mesmos. Tudo o mais é consequência disso.

Livro Feng Shui Lógico, Stela Vecchi, Ícone Editora, 2004 – Compre aqui:

feng-shui-logico-stela-vecchi-icone-editora

A história do Feng Shui Lógico: como nasceu a adaptação do Ba-guá para o Hemisfério Sul?

Loja Feng Shui Lógico – Método Solar das Quatro Estações MSQE:
Bolas de cristal facetado com o cordão vermelho; ba-guás (exclusivo) para o Hemisfério Sul; livros e apostilas de Feng Shui Lógico e mais:

Loja Feng Shui Lógico
Confira o Programa do Curso Básico em nosso Website:
Programa Curso Básico de Feng Shui Lógico
Participe dos cursos ministrados por Stela Vecchi:
Feng Shui Lógico: Curso Básico, Avançado e Profissionalizante
Nos cursos de Feng Shui Lógico você recebe informações que serão úteis para toda sua vida!

Visite também o site: www.fengshuilogico.com

Sobre a Autora

Stela Vecchi

Stela Vecchi estuda sobre Amor e Felicidade há mais de 40 anos. Fundadora da Escola Feng Shui Lógico, também chamado de Feng Shui Solar. É um método prático e consagrado que simplifica o Feng Shui sem alterar sua essência milenar. Feng Shui Lógico busca criar o equilíbrio nos ambientes para facilitar a conquista de seu equilíbrio pessoal. O resultado é uma residência mais aconchegante e que favorece a saúde, a harmonia, a prosperidade. E Amor: sem equilíbrio, o Amor não permanece.

Veja mais conteúdos

Também do seu Interesse

Comentários

Participe da conversa

4 Comentários

  1. Beatriz

    Olá Stela! Estou iniciando meus estudos nessa área e, uau!, não esperei que fosse tão desafiador! Minha angústia principal está em compreender ainda melhor a questão hemisfério norte e sul e também a questão compasso x chapéu preto. A adaptação que você propõe faz todo sentido pra mim, e o fato de você não alinhar o baguá com a porta confesso que também me alivia um tanto! Para explicar melhor minha angústia, gostaria de dividi-la em dois pontos. Um deles faz referência a como responder a esse trecho de texto, da Aline Mendes, questionando a adaptação do baguá com base na questão dos pólos magnéticos:

    “Várias disciplinas descrevem o Pólo Norte como o pólo negativo, yin, frio, e o Pólo Sul como o pólo positivo, yang, quente. Este seria mais um argumento para se concluir que em toda a Terra pode ser aplicado o Ba Guá, que localiza a água no Norte e o fogo no Sul.
    As mais diferente correntes científicas reconhecem essa relação de oposição e dualidade entre os dois pólos. A própria palavra “polaridade” expressa uma idéia de oposição complementar. Inverter os padrões de energia usados pelo Feng Shui no Hemisfério Sul faria com que ambos os pólos posuíssem as mesmas propriedades de Yin-Frio-Receptivo, quando todos sabemos que a Terra de fato possui um pólo emissor e outro receptor.
    Algumas observações e curiosidades sobre o nosso planeta reafirmam o conceito dual entre os dois pólos:
    • Os raios cósmicos são mais quentes num ponto ao sul da constelação de Leão, e mais frios num ponto ao norte de Aquário.
    • No Hemisfério Norte está Iceland, traduzido como Terra do Gelo. No extremo do Hemisfério Sul está a Terra do Fogo.
    • O limite do gelo eterno está mais perto do Equador no Hemisfério Norte.
    • O mesmo ocorre com o limite de temperatura de 0ºC, que está a 35º lat no Hemisfério Norte e a 50º lat no Hemisfério Sul.
    Tudo isso nos dá indícios de que de fato temos mais gelo e frio no Norte, e calor no Sul.
    Para finalizar, podemos fazer uma observação muito simples sobre o uso da bússola no Feng Shui. Todos os cálculos para diagnóstico dos diversos padrões de energias nas mais variadas escolas de Feng Shui, desde as mais básicas até as mais avançadas, baseiam-se na medição das direções em relação ao Norte Magnético. Isso porque a qualidade de energias estudadas pelo Feng Shui está intimamente ligada ao padrão magnético terrestre. Uma bússola aponta sempre para o Norte Magnético, esteja ela no Hemisfério Norte ou Sul. Isso demonstra que o campo magnético da Terra tem polaridade única e não necessita de adaptações em função do Hemisfério.”

    E o segundo ponto, vem desse texto que li sobre o Mestre Lin Yun que muito me assustou (http://www.sfweekly.com/sanfrancisco/in-the-money-corner/Content?oid=2135578&showFullText=true), e, bem, gostaria de pedir pra você comentar a sua visão sobre o Feng Shui que ele criou. Muito grata pelo seu trabalho e por abrir um canal de comunicação via internet!

    Responder
    • Stela Vecchi

      Olá!

      Gostaríamos de cumprimentá-la pelos estudos nesta importante área de conhecimento humano.

      Neste blog, verifique esse artigo sobre essa importante questão:
      http://blog.fengshuilogico.com/2013/11/28/a-polemica-sobre-a-necessidade-adaptacao-ou-nao-do-ba-gua-para-o-hemisferio-sul/
      Henrique Vieira Filho – Terapeuta Holístico – CRT 21001, autor de diversos livros da profissão, ministra aulas na CEATH – Comunidade de Estudos Avançados em Terapia Holística, publicou esse texto onde analisa os trigramas adaptados para o Hemisfério Sul:
      Direitos Autorais: SINTE – SINDICATO DOS TERAPEUTAS.

      Você leu o livro Feng Shui Lógico? Muitas questões que você coloca estão explicadas nesse livro.
      O Feng Shui Lógico baseia-se nas origens do Ba-guá da Sequência do Céu Anterior e do Ba-guá da Sequência do Céu Posterior, portanto é uma Perspectiva que não altera a essência milenar desta Sabedoria.

      Sem dúvida em nosso canal do youtube.com/fengshuilogico, nas apostilas de nossos cursos, no livro Feng Shui Lógico, de Stela Vecchi e neste blog você encontrará farto material para suas pesquisas e seu encontro com esta técnica-arte que nos coloca em conexão com as Forças da Natureza e seus mistérios apaixonantes.

      A leitura do I Ching – o livro das Mutações – Richard Wilhelm – Editora Pensamento
      também é fundamental. Conforme você observa neste trecho, em 1253 a.C. houve a alteração dos trigramas segundo o ciclo das estações do ano, inversas nos dois hemisférios:
      Sobre o ajuste técnico da adaptação do ba-guá da Sequência do Céu Posterior para o Hemisfério Sul:

      …Aqui se ressalta a correspondência entre o curso do ano e o curso do dia. … Os trigramas são atribuídos às estações do ano e aos pontos cardeais… Com o despertar da Primavera a natureza começa a germinar e a brotar. Isso corresponde ao amanhecer, ao início do dia. Este movimento que arranca da inércia é atribuído ao trigrama Chên, o Incitar, que surge da terra sob a forma do trovão e da força elétrica. Sopram, então, as suaves brisas, renova-se o mundo das plantas, cobre-se a terra de verde. Isso corresponde ao trigrama da Suavidade, do Penetrante. … (I Ching – o livro das Mutações – Richard Wilhelm – Editora Pensamento – Pág. 208).

      Com nossas saudações de Luz, Harmonia e Prosperidade!

      Responder
  2. Bia

    Olá, ontem deixei um comentario mas nao sei se ele conseguiu entrar ai pra voces, pois em geral quando comento em blog recebo email confirmando. Se eu nao muito me engano foi nesse post do trabalho. Se o comentario foi recebido agradeço, se não gostaria de saber pois ai escreveria novamente. Grata!

    Responder
    • Stela Vecchi

      Olá,

      Recebemos seu comentário.
      Em breve responderemos.

      Gratos!

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *