EDUCAÇÃO NO BRASIL: Como diminuir o abismo cultural entre os brasileiros desde a nascente do Rio Ailã, em Roraima até o Arroio Chuí, no Rio Grande do Sul?

Foto escola

MapaBrasil sem fundoEm 2004, observando o céu noturno e nossa bandeira nacional, me interessei por conhecer a razão pela qual elas se encontram invertidas em nossa bandeira. O resultado desse estudo foi uma compreensão da missão belíssima que identifica nosso povo, explicada no livro No Céu do Hemisfério Sul- Brasil, um Novo Começo

bandeira_4

livro_ceuhemisferiosul_stela_vecchi

O livro trata da necessidade de uma ampla reforma no ensino público brasileiro.
Uma nova espiritualidade já está no ar, que busca a amorosidade e a paz entre nós, com profundo respeito pelas opções de cada um. Essa é a nova tendência de pensamento que permeará a próxima etapa evolutiva da humanidade. Somos seres únicos e precisamos receber educação que facilite a autossuficiência na interdependência do tecido social. E a Escola precisa estar à frente dessa tendência, para poder cumprir seu principal papel: preparar o ser humano, dando-lhe as informações que necessita para ingressar na vida adulta, além de dar suporte profissional.

Aborda a diversidade de povos que compõe o nosso país, indicando que precisamos criar a unidade dentro dessa diversidade.
Demonstra a importância do ensino de noções de Astronomia: nossa bandeira é uma lição de astronomia. O livro traz um estudo inédito sobre a simbologia astronômica da bandeira brasileira, além de outros temas dedicados aos profissionais da educação.

Encontrei em nossa Constituição as diretrizes para a elaboração do livro, visando diminuir o abismo cultural que existe entre os brasileiros e fomentar a unidade nacional, inserindo-nos harmoniosamente no contexto internacional e universal: é uma visão suprapartiária, suprarreligiosa e universalista.

As medidas descritas no livro pertencem a um processo de transição da Educação para uma realidade mais confortável e condizente com as necessidades de nosso povo: condições dignas para cada brasileiro que nasce e se desenvolve em solo brasileiro, trazendo ânimo e perspectivas de um presente e futuro melhores para todo o Brasil. A sugestão é que se comece pelos pontos mais distantes geográficos do país, favorecendo a diminuição do abismo cultural que nos encontramos atualmente.

A vida é um tecido interligado que afeta tudo e todos: a vida de uma nação é formada por tudo que acontece a ela e por todos que a compõem.
Possuindo visão suprapartidária, suprarreligiosa e universalista, a Renovação da Educação nas Escolas Públicas busca a verdadeira democratização do conhecimento disponível em prol de uma sociedade sadia.

Para fazer cumprir nossa Constituição precisamos de uma Renovação da Educação no Ensino Público.
Objetivos do Projeto Alpha-Crux

– favorecer o surgimento de uma ordem social mais harmônica e com isso colaborar para o crescimento sadio do povo brasileiro.
– colaborar de forma efetiva para a diminuição dos índices de violência em nosso país através do meio mais eficaz conhecido: a Educação.

A Educação, o Brasil e os Novos tempos:

Os Novos tempos que estamos vivendo exigem novos enfoques para atingir nossos objetivos educacionais.
Medidas necessárias para o êxito de nossa proposta:

1. Os prédios escolares revelam o estado da Educação.
O estado das escolas revelam o estado da educação no país. Promover a retirada de entulhos das escolas, de materiais em desuso, quebrados e consertar o que for possível.
O ensino da higiene começa no estado dos banheiros, que devem, quando necessário, serem reformados ou consertados. Uma decoração leve e clara também é importante. Um profissional treinado especialmente para essa função deve ser destacado para cuidar da ordem, limpeza e orientação quanto ao uso dos banheiros pelos alunos.
Organizar melhor o espaço escolar através de um projeto de baixo custo de harmonia ambiental.
Encontrar o centro da construção e aplicar uma rosa dos ventos, assinalando os eixos Norte e Sul e Leste e Oeste.Ministrar aulas de orientação espacial aos alunos através do movimento do Sol e da Constelação do Cruzeiro do Sul, que aponta o Polo Sul.

2.Tornar as entradas da escola convidativas.

3. Para incentivar o estudo da Astronomia:
No saguão da entrada colocar poster gigante do Planeta Terra visto do espaço e dos hemisférios Norte e Sul com o ciclo de estações do ano.
Colocar o eixo Norte/Sul celeste e o eixo de inclinação do Planeta Terra. Imagens como essas educam por si mesmas e expandem os horizontes dos alunos.

Essas medidas são de alto efeito no ânimo dos alunos e profissionais da educação.
Foto escola

2. Os professores estão desmotivados e muitas vezes despreparados para exercer sua importante missão.
a) Fixar o professor em escolas vizinhas, criando responsabilidade com a comunidade e com sua atuação.
b) Proporcionar palestras voltadas para a conquista do bem-estar pessoal, facilitando o exercício de sua profissão.
c) Aproveitando a celebração do Ano Internacional da Astronomia, divulgar o estudo da compreensão de nossa bandeira nacional, uma verdadeira lição de astronomia. A meta é fortalecer a autoestima do povo brasileiro.
d)Tudo está interligado. Ressaltar no ensino de cada matéria as relações entre elas, onde uma é necessária para o entendimento da outra.
3. Criação de uma disciplina que ensine o Amor, na suprarreligiosidade.

Uma questão polêmica porém que precisa ser encarada na educação é a questão do ensino da espiritualidade.Como fazer a paz sem pensarmos sobre ela?Existe uma linguagem que precisa ser aprendida ou recuperada rapidamente pelo ser humano destes tempos. É a linguagem da Integração. Integrar-se é unir-se, perceber que fazemos parte do todo. Compreender que somos seres únicos, portanto só no respeito pelas diferenças que podemos fazer a paz.
Diante do trabalho científico comprovando a existência do corpo espiritual
(Inteligência Espiritual, Dana Zahar) e visando a nutrição desse corpo nos alunos brasileiros, incluir a matéria Aprendendo a amar ( ou as bases do Amor) na grade escolar.
A unicidade do ser; respeito pelas diferenças; amor saudável por si mesmo; educação emocional (com vivências específicas para todas as idades) e educação sexual de forma a fornecer informações também dos âmbitos emocionais envolvidos no relacionamento sexual.
A base do amor é a conexão consigo mesmo (autoconhecimento); com o outro; com a comunidade (escola e país); com o planeta.
Micro ( pessoa) inserido e em harmonia com o macro (Universo), gerando a paz interior.
Diante da diversidade de religiões, buscar a união através dos objetivos comuns de paz e prosperidade. Usar de ferramentas como a neurolinguística, uma alternativa para as orações tradicionais.Ex:
Colaboro para que a paz exista no mundo.
Expresso minha criatividade vivendo em paz e sabedoria.

No centro da construção de cada escola fixar uma rosa-dos-ventos, explicando que o centro é a interseção entre todos os pontos cardeais. O centro é a representação física do Amor.
Cada aluno será incentivado a escrever os atos de amor no dia a dia e a colocar nesse local.
Os professores dessa matéria deverão participar de um curso oferecido pelo Ministério da Educação.

 Oferecer oficinas de trabalhos manuais diversificadas, segundo o interesse pessoal do aluno.

 Aulas de música e canto apropriadas ao ambiente escolar.

 Reformular a grade das matérias tradicionais enfatizando a associação entre elas.

Uma sugestão é iniciar o projeto pelos pontos mais distantes de nosso país, favorecendo a integração nacional e diminuindo o abismo cultural hoje existente entre os brasileiros.
do extremo Norte – nascente do rio Ailã, no Monte Caburaí (RR) – , ao extremo Sul – uma curva do arroio Chuí (RS); e do Extremo Leste – Ponta Seixas (PB), ao extremo Oeste – nascente do rio Moa, na serra da Contamana ( AC).
Gostaria de conhecer sua avaliação sobre a utilidade do livro em atingir suas finalidades,
Por um Brasil com Amor,
Stela Vecchi
Resumo do Programa contido no livro:Conhecer é perceber, ser capaz de discernir e aprender a fazer escolhas visando um bem-estar maior para si e para os outros.
O conhecimento, portanto, deve basear-se na observação direta, e no maior número possível de informações sobre a realidade a que pertencemos.
Para o desenvolvimento dessa percepção,nosso Programa se baseia principalmente:
1. Noções de Astronomia Básica: ensinar conforme a faixa etária os conceitos básicos de Astronomia, para que todo brasileiro conheça o significado da nossa bandeira, criada a partir de conceitos astronômicos, sendo a única no mundo com essas características.
Meta: fortalecer o sentimento de unidade nacional, base para o exercício da cidadania.
2. Educar para a percepção da responsabilidade individual quanto à preservação da natureza. Enfatizar o contentamento que sentimos ao agirmos como colaboradores da Vida que nos envolve e nos mantém.
Meta: Colaborar para a preservação e revitalização da natureza.
3. Autoconhecimento e desenvolvimento do amor saudável por si mesmo, tendo como base a constatação de que não existem duas pessoas iguais.
Meta: Desenvolver a autoestima, fator básico para o bem-estar individual, que se reflete no todo. E desenvolver o respeito pelas diferenças.

Nosso projeto se apoia em quatro pontos-chave:

1. Palestras e vivências para os profissionais da área da Educação com a finalidade de facilitar o encontro consigo mesmo, para a conquista e a manutenção do Equilíbrio Pessoal, favorecendo-o e auxiliando-o em sua função.

2. Palestras e vivências para os alunos, e com metodologia específica, enriquecer a grade escolar através de aulas explicativas, vivências e textos, através de temas como: astronomia básica; autoconhecimento; o conhecimento do próximo; o homem, a mulher e as diferenças e semelhanças; enfim o ser humano como um todo, dotado de corpo físico, razão, emoção, sentimento e espiritualidade. E adequado à idade do educando, claro.

3. Educação Física: educação física é uma disciplina muito importante para a compreensão de nosso corpo e funcionamento dele. Além dos esportes convencionais, introduzir técnicas de respiração e autoconhecimento corporal na disciplina de Educação Física.

4. Harmonia ambiental: com projetos de baixo-custo, tornar os prédios escolares e suas instalações mais adequadas à pratica das atividades escolares. Dar atenção especial ao ensino da higiene pessoal através de reforma nos banheiros e profissional treinado para instruir nesse quesito.
Utilizar o conhecimento disponível para criar a harmonia nos prédios escolares com a finalidade de favorecer as práticas educativas através de:
• Cores,
• Plantas, flores e jardins,
• Posters do sistema solar, do nosso planeta,dos hemisférios, da natureza;
• Disposição das carteiras em salas de aula;
• Sanitários adequados e profissional treinado para auxiliar os alunos a usá-los de forma compatível com a dignidade humana: é no respeito consigo mesmo que aprendemos a respeitar o próximo;
• Entrada convidativa;
• Decoração dos ambientes escolares levando em consideração a harmonia ambiental.
O projeto de harmonia ambiental para o prédio escolar envolve uma análise minuciosa da planta do prédio, incluindo suas dependências internas e área externa (jardins e pátios). Através desta análise e do planejamento das modificações dos ambientes, um plano de ação é definido para a implementação das mudanças. O prazo desta implementação é definido na etapa de planejamento do projeto.
O projeto envolve, também, uma manutenção periódica semestral para garantir a efetividade das mudanças implementadas, para identificar possíveis ajustes a serem realizados nos ambientes harmonizados e para identificar novas necessidades que possam surgir ao longo do tempo.

Técnica básica adotada: Integração Dinâmica entre Equilíbrio Pessoal e Ambiental, descrita no livro Feng Shui Lógico, publicado em setembro de 2004 pela Ícone Editora de autoria de Stela Vecchi, autora desta proposta.

Stela Vecchi

Extraído do livro No Céu do Hemisfério Sul – Brasil, um Novo Começo de Stela Vecchi
livro_ceuhemisferiosul_stela_vecchi

Leia o livro na íntegra:

Download Grátis – A Responsabilidade da Política na Realidade Brasileira – Livro NO CÉU DO HEMISFÉRIO SUL – Brasil, um Novo Começo de Stela Vecchi
Veja também:

Fotos: Feng Shui Lógico Nas Escolas Públicas