São Francisco de Assis, Padroeiro da Itália
Patrono do Feng Shui Lógico

São Francisco de Assis: apaixonante a vida desse santo.
Recentemente me chegou às mãos farto material sobre São Francisco em Rieti (Itália), lugar onde nasceu meu bisavô por parte de pai.
São Francisco viveu grandes experiências espirituais neste lugar. Segundo a lenda, quando Francisco, fugindo do escárnio e das hostilidades de seus concidadãos de Assis chegou em Poggio Bustone em 1208, no vale santo de Rieti, percebendo a bondade nos rostos dos habitantes dessa região saudou o povo com estas palavras: “Buon giorno, buona gente” (bom dia, bondosa gente).
Chegando na praça, uma vereda o conduziu a uma capela construída entre 300 e 600 d.C. Lá lhe aparece um anjo sob a forma de um menino que lhe anuncia que Francisco já não tinha mais pecados, já era santo, e que a Ordem Franciscana se expandiria pelo mundo.

Poggio Bustone – Rieti
Camino di Francesco

Em Greccio, que pertence também ao vale santo de Rieti, São Francisco chegou pela primeira vez em 1209, ficando fascinado pela beleza da natureza do lugar e pela devoção dos habitantes. E em 1223, foi neste lugar que fez a representação do primeiro presépio vivo, tradição que se mantém até hoje através dos presépios pelo mundo na época do natal. E em Fonte Colombo, que dista apenas 5 km do centro de Rieti, São Francisco escreveu a Regra definitiva, aprovada pelo papa Onorio III em 1223.

Oração de São Francisco
Senhor, fazei de mim um instrumento de tua paz

Onde houver ódio, que eu leve o amor,
Onde houver ofensa , que eu leve o perdão,
Onde houver discórdia, que eu leve a união,
Onde houver dúvida, que eu leve a fé,
Onde houver erro, que eu leve a verdade,
Onde houver desespero, que eu leve a esperança,
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria,
Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, fazei com que eu procure mais
compreender que ser compreendido,
consolar que ser consolado;
amar, que ser amado.

Pois é dando que se recebe
é perdoando que se é perdoado
e é morrendo que se nasce para a vida eterna…

Autor do Cântico das Criaturas, São Francisco demonstrou já em plena Idade Média amor e respeito aos animais e aos elementos da natureza, sendo sua espiritualidade ainda viva e atuante nos dias de hoje.

Cântico das Criaturas

Sublime, onipotente, bom Senhor!
Só a ti todo o louvor, toda a glória, toda a honra e todas as bênçãos.
E nenhum homem sequer é digno de mencionar Seu Nome!

Louvado sejas, meu Senhor, com todas as suas criaturas,
Especialmente o Maestro da Vida, o Sol, nosso irmão,
Que nos traz o dia, com sua Luz!
Ele é belo e radiante e tem grande esplendor:
É o mais perfeito símbolo de Ti, Sublime Senhor!

Louvado sejas, meu Senhor e Criador, pela irmã Lua e as irmãs estrelas:
No Céu as formastes claras, preciosas e belas.
Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão vento
E pela brisa e pelo ar constante e sereno em todo tempo,
Através dos quais a todas as tuas criaturas dai sustento.
Louvado sejas, meu Deus, pela irmã água,
Que é tão útil, humilde, preciosa e casta.
Louvado sejas, meu senhor, pelo irmão fogo,
Que ilumina as noites:
Ele é belo, alegre, forte e poderoso!

Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa amada irmã, a Mãe Terra,
A qual nos sustenta e nos conduz através das estações
E produz diversos frutos, flores multicoloridas e ervas que nos curam.
Louvado sejas, meu Senhor, por aqueles que sabem ver a vida através de Seus Olhos e, por teu amor, são capazes de perdoar e suportar, no amor maior, as dificuldades.
Felizes os que vivem na construção da paz e da justiça,
Por Ti serão coroados!

Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã morte que nos leva o corpo
E que nenhum ser vivente pode escapar:
Ai dos que morrem cegos, sem a luz divina no coração!
Felizes aqueles que quando a encontram, estão trilhando Seus Caminhos
Porque não sofrerão a morte do espírito.
Louvem e bendigam o meu Senhor e O agradeçam
E O sirvam com grande humildade, por todo o bem que ele nos faz através de Suas Criaturas!

São Francisco de Assis

São Francisco, o santo que amava a liberdade de espírito e a paz.

Stela Vecchi é escritora e consultora de Feng Shui.
Autora do livro Feng Shui Lógico (Ícone Editora, SP, 2004), ministra cursos de Feng Shui Lógico, técnica que favorece a felicidade porque deixa sua casa harmoniosa e plena de energia benéfica.
Autora do livro No Céu do Hemisfério Sul – Brasil, um Novo Começo, onde analisa a bandeira brasileira de um ponto de vista inédito.
Seu último livro, O Caminho da Sabedoria, é sobre o amor e sobre o verdadeiro significado dos relacionamentos amorosos em nossa vida.

Visite também o site: www.fengshuilogico.com

2 Comentários

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *