Missão Crística – Você inserido amorosamente no Todo Maior.

Cada um que sonha com a paz como aceitação das diferenças, da ausência de julgamento, com a justiça fruto de merecimento e a eliminação de sentimentos parciais, formará em seu interior o amor forte, abundante e generoso, e que vê a sociedade em que se insere como um tecido interligado.

Como o sistema solar.

Terra

Para isso, é necessário acabar com as fontes da irritação em nós, e em seu lugar descobrir veios de compreensão e ação firme e benéfica. E é preciso que nossa verdadeira essência comande nosso dia-a-dia. O reino de Deus sempre esteve em nós e entre nós. Só faltava perceber conscientemente isso: É no coração de cada um que se forma esse novo reino.

Há várias qualidades de vibrações disponíveis em nosso mundo. Observe um jardim: a minhoca vive em um meio completamente diferente dos passarinhos, ou das borboletas, ou das formigas. São vibrações de vida diferentes e que coexistem em um mesmo jardim. Compreendeu? Quando eu digo que esse reino está entre nós, ele realmente está. Para os que aboliram o sentir-se mal que esses sentimentos provocam: a raiva, a irritação, os ciúmes, a frustração, frutos de nossa imaturidade emocional, já têm o céu dentro de si. Porque abriram espaço para sentir paz, alegria, plenitude, comunhão, os sentimentos que nos fazem bem e aumentam nossa quantidade e qualidade de energia. Eu vim para que todos tenham vida, e a tenham em abundância: é isso.

Cada ser humano é único – por isso é preciso deixar que cada um trace seu caminho em direção ao ser cósmico que ele é.
Uma forma segura de identificar uma pessoa é através da impressão digital: não existem duas pessoas com digitais iguais. Cada um é único, tem suas próprias características. Não existem duas pessoas iguais.

Diante dessa verdade, precisamos lidar com a realidade da diversidade, na unidade da Vida. A palavra Universo significa isso: a unidade (uni) na diversidade (verso). Em um jardim, você tem várias plantas. Uma precisa de mais água, outra se você regar muito, morre. Somos assim também: cada um tem que conhecer e desenvolver seus dons únicos, e para isso tem que se conhecer, saber o que lhe faz bem e o que lhe faz mal.

Diante de nossa diversidade de naturezas, pode acontecer que o que faz bem para um, pode não ser bom para o outro. Assim, não há como fazer comparações entre as pessoas, já que são tão diferentes entre si.

Existem pessoas que adoram praia, outras preferem as montanhas. Para uns, determinado remédio é uma maravilha, para outros não fazem nada ou até mesmo se sentem mal com o mesmo remédio, ainda que tenham problemas de saúde semelhantes. Por quê? Porque o tecido social necessita de seres com diferentes perfis, para que se realizem cumprindo funções diferentes. E quando estamos em nossa verdadeira essência, saberemos o que realmente nos faz felizes. Não teremos tantas dúvidas, tantos conflitos. Conheceremos tudo que precisamos saber sobre nossa vida para tomarmos as melhores decisões para nós. E como a Vida é um tecido entrelaçado, as melhores decisões para nós, para nossa individualidade, certamente serão as melhores em todos os níveis.

— Como você pode ter certeza disso?
— A Vida não pode ir contra si mesma: ela se destruiria. Agora pensa comigo: qual seria a qualidade que precisamos ter para que esse conhecimento de nós mesmos seja possível?

— Olha, acho que isso só é possível com um razoável controle de nossas emoções…
— Você tem razão: estar emocionalmente tranquilos é fundamental. E só estaremos assim quando soubermos cuidar de nós mesmos, sermos os melhores amigos de nós mesmos.
Quanto mais feliz dentro de si, quanto mais saudável você estiver, mais condições você terá de agir em prol de um bem maior, porque os seus problemas você conseguiu resolver: dando-lhe condições de poder ver melhor o dos outros. A verdadeira espiritualidade, ou sentido de humanidade, com certeza se manifesta através de atos que visem o bem maior da Vida, e do Planeta, como um todo.

Se cada um de nós soubesse o poder que tem para transformar seu mundo interior! E essa é a única forma perene de transformar nosso planeta: através da conscientização individual.
Todos temos um mundo lindo, uma pérola escondida dentro de si. Descobri-la e usufruir de sua beleza é nosso maior trabalho nesta vida. Sem isso, todas as outras conquistas ficam vazias.
Liberdade exige intenção, força, conhecimento e o máximo de autossuficiência possível, com humildade diante do Plano Maior.
Tudo posso em Deus, que me alimenta continuamente e me fortifica.

Vivemos para aprender a amar…
Conheça uma nova oitava do Amor Crístico:

Livro O Caminho da Sabedoria, de Stela Vecchi

Uma história vivida na mística Machu Picchu, berço de uma civilização que via no Sol e em seus solstícios e equinócios a magia de viver…
Download grátis – Clique aqui: Livro O Caminho da Sabedoria, de Stela Vecchi

Capa Caminho

Capa e Contracapa O Caminho da Sabedoria, Stela Vecchi
Capa e Contracapa O Caminho da Sabedoria, Stela Vecchi

Jesus Cristo visto de um Novo Ângulo

Visite também o site: www.fengshuilogico.com

Para criar a conexão com a Natureza:

A história do Feng Shui Lógico: como nasceu a adaptação do Ba-guá para o Hemisfério Sul?

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *