Amor não é sinônimo de sacrifício

por | abr 30, 2008 | Cristo, Feng Shui Autoconhecimento | 2 Comentários

O valor do sofrimento não está em sofrer, mas sim em transmutar o sofrimento no diamante da divina compreensão.

Diamante

Precisamos repensar a forma de entendermos o que é amor.

Amor é doação prazerosa, um resultado de um bem-estar profundo. Só quem está bem emocionalmente, sem carências, pode de fato amar. Porque amar é emitir uma energia suave, benéfica, acolhedora. Se eu tenho questões não resolvidas dentro de mim, como insegurança, falta de auto-estima, vou projetar no outro esta falha, produzindo momentos de tensão, de descargas emocionais negativas, não de amor. Porque amor verdadeiro está acima dessas situações.
Já a palavra sacrifício nos lembra obrigação. E obrigação é algo que se tem que fazer, mesmo sem vontade. Senão… seremos cobrados. A harmonia pressupõe pessoas que estão de acordo, de coração, e não que se sacrificam uma pela outra. Então, vemos que quando fazemos algo sem vontade, ou de má vontade (a palavra má-vontade já diz tudo!) sem estarmos interessados em fazer, o Amor já foi embora, faz tempo… E ainda dizemos que o fizemos por amor… O Amor é justamente o que dá colorido a tudo, tornando tudo leve e suave.

A grande questão, que está submersa dentro de nós, é nossa real capacidade de conviver harmoniosamente com o masculino e feminino dentro de nós, questão essa originada na forma como nos relacionamos com nossos pais, nossos primeiros modelos.
Então, vemos que uma coisa é amar em sentido amplo, cósmico, diminuindo a injustiça no mundo, nos doando às vezes pelo Reino da Justiça, e outra o amor entre o casal, que deve ser o oásis no meio de um mundo que ainda não sabe amar.

Quando curamos qualquer distorção nessa área, então começamos a nos amar de fato, base segura para encontrarmos e vivenciarmos o amor verdadeiro. Muitos de nós continuamos buscando padrões de sofrimento por causa de sentimentos inculcados desde a infância.

Para a cura emocional do masculino e feminino dentro de nós, precisamos limpar nosso arquivo, muitas vezes esquecido dentro de nós, mas que continua nos impedindo de amar: nós continuamos buscando padrões de sofrimento por causa de sentimentos desagradáveis desde a infância.

Para limpeza do campo emocional, proceda assim:
Sozinha, e na certeza de não ser incomodada, escreva tudo que fez você sentir-se mal em relação a seu pai, irmão ou namorados. Escreva tudo que estiver em sua mente e em seu coração, não omitindo nada. Quando terminar, leia pausadamente, e no final, diga em voz alta três vezes:
Eu perdôo você (nome da pessoa) por não ser a pessoa que eu queria que você fosse.
Eu o perdôo e o liberto.

Queime o papel visualizando uma luz violeta, que transmuta o sofrimento em aprendizado.
Repita na próxima semana ou até sentir que ainda precisa.

O I Ching nos ensina que para encontrarmos nosso lugar na infinidade de seres tanto é necessário separa quanto unir. E sem coragem, discernimento e bom senso podemos estacionar em situações que já sabemos que irão nos fazer sofrer, porque afetam nossa auto-estima, sentimento básico para sermos amadas.

Uma dica do Feng Shui Lógico: faça uma arrumação em seu quarto de dormir tirando tudo que possa influenciar sua emoção: roupas que você não gosta ou não usa, lembranças de pessoas que não estão mais em sua vida. Verifique a posição de sua cama (a melhor é de frente para a porta de entrada mas não da mesma direção dela), e pinte seu quarto em tons acolhedores de verde ou terracota bem suave. Acima de sua cama, um quadro que represente o que é Amor para você (não pode ser pessoa, prefira paisagens: cachoeiras, dois pássaros, flores,etc.).

Usando o centro de seu quarto como referência, na direção onde o Sol está lá pelas 16h00, se possível coloque um par de objetos iguais (podem ser dois pequenos vasos decorativos), uma pedra quartzo rosa e dentro do vaso coloque as frases: Eu amo, respeito e honro a minha pessoa. Amor sempre me rodeia.Se não houver espaço para colocar os pequenos vasos, pode ser um quadro que tenha duas belas flores iguais (sem espinhos!), com as frases atrás do quadro.

Esse é o início de nossa compreensão amorosa equilibrada, onde nos sentimos bem, apoiados, amados.

Stela Vecchi


Download grátis – Leia O Caminho da Sabedoria, de Stela Vecchi

Capa Caminho

INSCREVA-SE em nosso canal no YOUTUBE e receba vídeos atualizados com dicas e orientações:

Inscreva-se Canal Youtube/Feng Shui Lógico

As melhores energias vêm do amor pela Vida, pelo nosso planeta, pelo nosso solo, pela nossa gente e por nós mesmos. Tudo o mais é consequência disso.

Livro Feng Shui Lógico, Stela Vecchi, Ícone Editora, 2004 – Compre aqui:

feng-shui-logico-stela-vecchi-icone-editora

A história do Feng Shui Lógico: como nasceu a adaptação do Ba-guá para o Hemisfério Sul?

Loja Feng Shui Lógico – Método Solar das Quatro Estações MSQE:
Bolas de cristal facetado com o cordão vermelho; ba-guás (exclusivo) para o Hemisfério Sul; livros e apostilas de Feng Shui Lógico e mais:

Loja Feng Shui Lógico
Confira o Programa do Curso Básico em nosso Website:
Programa Curso Básico de Feng Shui Lógico
Participe dos cursos ministrados por Stela Vecchi:
Feng Shui Lógico: Curso Básico, Avançado e Profissionalizante
Nos cursos de Feng Shui Lógico você recebe informações que serão úteis para toda sua vida!

Visite também o site: www.fengshuilogico.com

Sobre a Autora

Stela Vecchi

Stela Vecchi estuda sobre Amor e Felicidade há mais de 40 anos. Fundadora da Escola Feng Shui Lógico, também chamado de Feng Shui Solar. É um método prático e consagrado que simplifica o Feng Shui sem alterar sua essência milenar. Feng Shui Lógico busca criar o equilíbrio nos ambientes para facilitar a conquista de seu equilíbrio pessoal. O resultado é uma residência mais aconchegante e que favorece a saúde, a harmonia, a prosperidade. E Amor: sem equilíbrio, o Amor não permanece.

Veja mais conteúdos

Também do seu Interesse

Amor

O QUE É O AMOR?
COMO ENTENDER O AMOR?

A experiência do amor é essencial para você sentir o Amor que move o Sol e as Estrelas (Dante Alighieri). Para entender o AMOR: ele é a energia mais benéfica que existe, não existe mal no...

Comentários

Participe da conversa

2 Comentários

  1. Valdir Gomes

    AMOR não é sinônimo de SACRIFÍCIO, mas SACRIFÍCIO é consequência do AMOR. O AMOR é um composto bem mais amplo, onde se deriva: o SACRIFÍCIO, o sentimento, a paciência, o perdão, a compaixão, a obediência, a fraternidade, etc. O maior exemplo de SACRIFÍCIO, foi A morte de Jesus na cruz por AMOR a todos nós.

    Valdir,

    Precisamos admitir que as interpretações sobre esse tema, amor, são bastante polêmicas. Nós nos acostumamos a racionalizar demais sobre um SENTIMENTO que é o próprio Deus. Deus é Amor.
    Compreender Deus não é algo simples, pelo contrário. Porém Suas obras são obras que demonstram Seu Amor: o Sol, as estrelas, as flores, os pássaros e tudo que nos envolve e alimenta a Vida. Coisas maravilhosas e que nos dão muita alegria em nosso dia a dia.
    Na minha interpretação e devoção, Nosso Mestre Jesus aceitou o sacrífício imposto pela cegueira humana, dando prova de que o verdadeiro amor vai até às últimas consequências: o Bom Pastor dá a vida pelas suas ovelhas.
    Porém, Ele também nos disse que Ele enxugaria de nossos olhos todas as lágriamas e que nossa alegria seria completa.

    Se não nos libertamos de formas arcaicas de vermos esse assunto, Amor, e não compreendemos os próximos passos que precisamos dar para entrarmos em Sua Divina Vibração, continuamos em um padrão de sofrimento, esquecendo que estamos em um limiar de uma nova era onde o Amor não deve rimar com Dor, mas com Compreensão. O que era, já não é mais…
    E aprendendo a ver a glória do Cristo ressuscitado. O sinal da Cruz é também o sinal de união e uma das maiores delícias da vida humana é viver em harmonia e compreensão, no respeito às diferenças. Essa atitude sincera gera justiça, cujo fruto é a paz, bases para o verdadeiro Amor.

    Quando através da prática dos ensinamentos de Jesus o Reino dos Céus se instala dentro de nós, o sofrimento termina e é substituído pela Divina Compreensão e pela constante paz do coração.
    Esse é o Amor que move o Sol e as Estrelas, a que Dante Alighieri se refere na Divina Comédia.

    Stela Vecchi

    Para saber mais sobre essa nova visão do Amor recomendamos a leitura do livro O Caminho da Sabedoria, de Stela Vecchi.

    Responder
  2. federal grants

    Nice site, nice and easy on the eyes and great content too.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *