Você sabe escolher o amor que precisa?

farol4
Na maturidade, percebemos que é mais perfeito sentir amor do que ter um amor.
Se é que possível dentro do universo do amor puro possuir alguém. Somos livres e só nessa liberdade podemos amar e ser amados com toda a consciência e plenitude.
Porque o outro, será sempre um grande mistério.
Relacionamentos podem ser como faróis ou nevoeiros…

A imagem antiga de um farol no mar, mostrando o caminho aos navegantes se assemelha à nossa necessidade de rumo, de ter um lugar para chegar. Quando nos encantamos ou nos iludimos com as belezas do caminho, e esquecemos de nosso destino, podemos perder a conquista da chegada. Assim funcionam alguns relacionamentos.

Nossa alma sabe, no fundo, o que deseja: o tipo de relacionamento que satisfaz seus desejos, a nutre e lhe dá a confiança que necessita para enraizar-se profundamente.
As criancinhas quando começam a andar se atiram sem medo a essa experiência, e confiam completamente em quem está ao seu lado. Por isso se entregam com confiança ao ato de andar, tão novo e desconhecido para elas.
Exercer a riqueza de um relacionamento profundo e verdadeiro com certeza nos revelará sentimentos, sensações e emoções desconhecidas para nós, que só conheceremos se dermos condições para que o outro sinta confiança ao nosso lado e nós ao lado dele.

Não temos garantia de nada, não podemos garantir nada.
Que tipo de confiança podemos querer ou dar?

A transparência amorosa, onde revelamos nossa alma, seus sentimentos e pensamentos, sem medo de sermos incompreendidos ou levados a mal. Porque os relacionamentos devem ser receptivos, e cheios de boas intenções.

Alguns relacionamentos que começam com atração sexual se revelam muito mais fraternos, sem os ingredientes necessários para a continuidade física amorosa. Quando os dois se respeitaram, cuidaram dos sentimentos que provocavam mutuamente, essa transição se faz de forma tranquila, sem sofrimento.Porém, quando não se trabalhou esse lado, tão delicado, um dos dois, ou os dois, sofrerão as consequências, deixando marcas que terão de ser curadas.

Praticar o Amor-Sabedoria exige de nós muita lucidez. Sermos fiéis ao nosso caminho, ao desenvolvimento de nossa capacidade de amar sem apego é a única senda que pode nos levar com segurança ao nosso porto.

Isso exige muita maturidade emocional e o conhecimento de que o caminho de cada um é sagrado, só quem observa dia a dia o rumo que sua vida está tomando e tem controle sobre esse rumo pode chegar realmente ao seu porto.

Relacionamentos para mim podem ser faróis ou nevoeiro: uns nos aproximam de nosso destino, outros nos afastam dele.

Stela Vecchi

Os habitantes da Terra em Harmonia com as Estrelas
Os habitantes da Terra em Harmonia com as Estrelas

Vivemos para aprender a amar…
Conheça uma nova oitava do Amor

Livro O Caminho da Sabedoria, de Stela Vecchi

Uma história vivida na mística Machu Picchu, berço de uma civilização que via no Sol e em seus solstícios e equinócios a magia de viver…
Download grátis – Clique aqui: Livro O Caminho da Sabedoria, de Stela Vecchi

Capa Caminho

Capa e Contracapa O Caminho da Sabedoria, Stela Vecchi
Capa e Contracapa O Caminho da Sabedoria, Stela Vecchi

Visite também o site: www.fengshuilogico.com

3 Comentários

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *