A crucificação. Para quê?

Crucificação do Mestre do Amor
Crucificação do Mestre do Amor
Jesus Cristo
Jesus Cristo

cruzeiro_do_sul_ceu

Uma situação foi se delineando drasticamente para Cristo: ter que assinar seus ensinamentos com seu próprio sangue, enfrentando a cruz.
– Pai, por que me abandonastes?

Talvez, em seu coração, restasse uma esperança da intervenção divina no último momento, como aconteceu com Daniel na cova dos leões.
Mas a essa geração não seria dado milagre maior do que aqueles que Ele havia feito.

Misto de alívio por finalmente completar sua missão grandiosa e tão mal compreendida, entregando Seu espírito nas mãos do Pai, e da constatação do quanto a carne é fraca: suou sangue ante as horas que Ele teria que passar…

Em Seu coração só uma paz: havia vencido o mundo, com suas seduções, bajulações e mentiras.
E mudaria o tempo da humanidade tendo como marco seu nascimento: dividiu a História em antes de Cristo e depois de Cristo.
A grande maioria não O compreendeu. Até hoje, Suas palavras são muitas vezes mal interpretadas.
Mas Ele sabia: Eu sou o Pão dos Fortes.

Todo aquele que persevera no caminho que Ele ensinou terá a Luz da Vida e viverá a maior transformação possível neste mundo: entrará na nova dimensão que vive no meio de nós: o mundo da verdade de que somos espíritos muito amados pelo Pai Criador. E que Ele vive dentro de nós.

Como o Cruzeiro do Sul, a Cruz de estrelas no Céu do Hemisfério Sul, que aponta as quatro direções,
Cristo é a Luz que ilumina todo aquele que o busca com verdade e pureza de intenção.

Os ensinos bem estudados e compreendidos de Jesus Cristo nos abrem portais da dimensão da Paz interior, a maior riqueza que podemos conquistar nessa vida.


Download grátis – Leia O Caminho da Sabedoria, de Stela Vecchi

Capa Caminho

Cristo, Mestre do Amor
Cristo, Mestre do Amor

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *