Amor, a única religião (religação) possível

cálice

grau_crístico

Tudo se inicia em um átimo onde você se percebe um filho de Deus.

A vontade que se forma nesse momento será a alavanca que lhe trará a força necessária para enfrentar as batalhas que se travarão dentro de você. Você terá que se curar de todo o mal do ressentimento, da mágoa, da crítica, do julgamento e viver de acordo com a verdade: o outro só está te trazendo as circunstâncias necessárias para você desenvolver a visão e a ação que te libertarão das amarras do ódio e te abrirão as portas do reino do Amor.

O reino dos céus é uma vibração. Perceptível apenas para os que adquiriram as “vestes” brancas”, isto é, um coração puro.
Só a compreensão pode fazer esse milagre: manter através de nossas idades e experiências o coração cheio de amor.

Para nós, cristãos, as portas desse reino foram abertas pela vida e pelas palavras de Jesus Cristo.
Ao sintetizar Sua doutrina com as palavras Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei, deixou-nos a única coisa que nos liberta: viver nossa vida consciente de que esse amor deve ser algo buscado continuamente e de todas as formas.

A perfeição do amor cristão deve incluir a compaixão e a misericórdia.
E cada caso é um caso. O importante é viver no Amor, a regra que deve nortear todas as regras.

Porque de outra forma, nem aquele que se diz cristão entra na dimensão do Amor ensinada por Cristo.

No meio da mata, sentada em uma clareira sobre um chão de areia, olhei longamente para o céu.
A noite cálida e clara me envolvia como se fosse uma imensa redoma de paz.
Sentimentos de comunhão surgiam me integrando nessa atmosfera de puro amor.
Eu estava só, mas me sentia acompanhada por presenças invisíveis extremamente amigáveis.
Aos poucos, um suave calor, gerado de meu centro interior, se espalhou por todo o meu corpo, envolvendo-me em uma luz suave, emanada de mim mesma.
Senti em meus braços percorrer esse calor e saíam de meus dedos suaves raios de luz e calor.
A paz estava em mim, e eu nela…

Antes desse dia, muita coisa tinha acontecido. Em 2004, após longas e intensivas pesquisas e estudos e meditações uma verdade sobre as diferenças dos dois hemisférios que formam a Terra e um profundo estudo sobre os significados dos Cinco Elementos e da Teoria dos Cinco Animais culminaram com o livro Feng Shui Lógico.
Nesse mesmo ano, em 15 de novembro, dia da proclamação da República, inspirações sobre nossa bandeira e os significados de suas estrelas me abrem o caminho para uma espécie de arqueologia vibracional, onde se procura reconstituir as circunstâncias e as motivações dos atos históricos. Nasce assim o livro No Céu do Hemisfério Sul, dedicado aos profissionais da Educação, base de toda civilização saudável e próspera.
E em 2007, um pequeno livro sobre minha visão do Amor.
Durante esses anos tão fecundos, eu tinha a nítida impressão diante das dificuldades imensas que eu enfrentava para escrever, preparar e publicar cada livro, que eu estava em um processo de “pós-graduação” ou mesmo “mestrado” como ser humano.
Porque o que me movia era o imenso amor pela vida e pelos meus semelhantes, que dividem comigo as agruras e os prazeres de viver na Terra.
Mas também sabia que isso só estava sendo possível porque alguém tinha me amado primeiro: Jesus Cristo. Assim como amou cada um de nós.

OCaminhodaSabedoria_StelaVecchi


Download grátis – O Caminho da Sabedoria, de Stela Vecchi

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *