Constelação do Cruzeiro do Sul: No Céu do Hemisfério Sul e na Bandeira do Brasil

Você vai conhecer uma nova interpretação para o significado das estrelas e do Cruzeiro do Sul na Bandeira do Brasil, baseada na Astronomia.

“Analisando a bandeira de forma leiga, foi desenhado um globo azul com uma faixa no meio, que pode ser relacionada com a elíptica, e penso que o dividiram em Hemisfério Norte e Sul, tanto que foi colocada só uma estrela acima da faixa, representando o pedaço de terra do Brasil que está no Hemisfério Norte. Amapá e Roraima eram apenas territórios por ocasião da Proclamação da República. Então, o globo azul não representa só o Céu, o firmamento, mas também o Planeta Azul, a Terra.

E, como foi consultado um astrônomo, as estrelas na bandeira são um retrato do céu do dia da proclamação da república, a única no mundo com essa característica. Por causa de fato, daqui da Terra, a chamada estrela intrometida é vista à direita. Só que eles colocaram a estrela intrometida à esquerda, como se o Cruzeiro do Sul estivesse sendo visto fora da Terra. E esse é o sinal: talvez nós tenhamos que compreender o porquê disso. Além do mais é uma concepção bem avançada para a época ver a Terra de um ponto fora dela, você não acha? Imagine, o homem nem tinha ainda ido até a Lua!” (Extraído do livro No Céu do Hemmisfério Sul)

Acesse o link para download do livro:
Download Grátis – A Bandeira Brasileira e a Educação no Brasil – Livro NO CÉU DO HEMISFÉRIO SUL, de Stela Vecchi

Dedico este livro ao povo do meu país, ao solo desta terra, e ao futuro iluminado pelo Sol do Novo Mundo que nos espera.
E a todos que trabalham pela difusão do ensino em nosso país.

Depoimento sobre o livro por Frei Pilato Pereira:

Stela Vecchi
Oi, Paz e Bem!
Depois de um tempo com seu livro, esta semana pude ler com mais calma e ver de perto a preciosidade que é seu trabalho. Parabéns. Valeu a pena ler. Vou indicá-lo a outras pessoas.
O seu livro, Stela, é uma obra fantástica, um belo trabalho que precisa ser divulgado, especialmente entre a juventude, os estudantes e educadores. O livro promove o amor pelo Brasil, o desejo de conhecer melhor e valorar mais nosso país, nosso povo, nossa nação. Além de outros elementos importantes, gostaria de destacar isto e também o despertar para as questões ecológicas ambientais. O livro é um despertador que faz a gente acordar para ver e amar nosso país, “contemplar o céu do Brasil e sentir o coração brasileiro”. O livro nos convida a conhecer e cuidar da natureza, da vida de nosso país.
Com certeza, o povo brasileiro precisa compreender-se como um povo, uma nação. E despertar para a política, onde cada um e todos cumprem com suas responsabilidades. E isto é possível, essencialmente, através da Educação. Como denuncia no livro, há um abismo social que impede a paz e um abismo cultural.
Considero de grande importância o fato de abordar sobre o papel das religiões no Brasil. Por toda a trajetória da Fé no Brasil, as religiões devem somar esforços numa ação coletiva pelo bem do Brasil e não disputar a boa fé dos brasileiros.
“Somos nós que iremos construir uma sociedade, fraterna, sábia e próspera em que todos queremos viver”. Se os brasileiros compreenderem isso, nosso Brasil será uma nação vencedora. O Brasil depende de nós.
Enfim, o livro nos provoca para tantas coisas, para os melhores sentimentos, ideais e sonhos. E nos desafia a trabalhar pelo Brasil que queremos.
Fica aqui neste breve comentário o registro do encantamento que tive com este livro. Obrigado por me proporcionar esta leitura. Que Deus fortaleça sempre mais o seu dom de escrever.
Um fraterno abraço!
Bom feriado da República!
Frei Pilato Pereira

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *