No fim, só temos que aprender a AMAR…

Suprarreligiosidade, a dimensão do Grau Crístico:

Minha natureza precisa de luz e clareza para evoluir.
Para mim, religião é um caminho para a liberdade com consciência.
Dogmas tolhem nossa liberdade de pensamento e não aumentam nossa amorosidade.
E foi pensando assim que fiz minha conexão… E pela paz de meu coração, percebi a verdade desse caminho.

O que muda o fato de Jesus ter se casado ou não?
Suas palavras e seu gesto de ser o Bom Pastor até o fim é o que contam.

E a virgindade perpétua de Maria, a escolhida para ser a digníssima Mãe de Deus?
Para os puros, tudo é puro.
Até a sexualidade, criação divina. Não mudaria em nada o imenso respeito que minha alma nutre por sua pureza e fidelidade ao Amor Divino descobrir que ela possa ter tido outros filhos além de Jesus.

Os dogmas aprisionaram nossas mentes e afastaram aqueles que precisavam ir além desses conceitos.
Consciente desses fatos, só Suas palavras foram meu guia, e bebi da fonte.
É preciso comer Sua carne e beber Seu sangue para compreender além das épocas e a falta de visão que acompanhou nossa evolução histórica.
No fim, só temos que aprender a AMAR…

Capa Caminho


Download grátis – O Caminho da Sabedoria, de Stela Vecchi

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *