Ingredientes da vida plena

Nascemos sós. Morremos sós. O tempo traz situações e as leva também. Tudo é apenas uma questão de tempo, mesmo em meio a muitas variáveis.

Ao crescermos testamos nossa capacidade de sermos pais e mães de nós mesmos. Isso exige desapego e nesta questão muitos de nós patinam.

Centrar-se é fundamental para que nosso equilíbrio se estabilize.

Os ingredientes básicos são:
1. Construir uma relação sólida com o Criador, com o Deus de seu coração.

2. Autoconhecimento para conhecer suas necessidades, suas capacidades e limitações. Amor por si mesmo. Na mesma proporção, saber respeitar o outro e as diferenças. Para isso, você terá que saber separar joio e trigo, sem julgamentos mas através da percepção.

3. Busca legítima de satisfação de suas necessidades, sabendo separar as ilusões, que não são necessidades mas obstáculos para sua realização humana.

4. Descobrir o que você gosta de fazer e trabalhar nessa habilidade, nem que seja inicialmente como hobby.

Esse é um texto ainda incompleto… Muitas coisas que gostamos de fazer e aumenta nossa energia, nossa vitalidade, depende de conhecermos cada uma de nossas características, únicas, e saber tirar o melhor de nós mesmos. Isso é também aprender a amar em toda sua extensão.