A correta aplicação do Ba-guá na perspectiva Feng Shui Lógico, o Feng Shui para o Hemisfério Sul

É muito importante conhecermos o valor do centro. Dele se irradia toda a energia para a residência.

bagua_ Feng Shui Lógico_h_sul_com_planta_baixa


Sobre a correta colocação do ba-guá e sua importância nos diagnósticos e curas dos desequilíbrios:

É natural surgirem dúvidas quanto à colocação do Ba-guá. A regra é que deve haver quatro paredes e teto para considerarmos a aplicação: varandas são consideradas acréscimos. Porém muitas vezes necessitamos de um estudo mais aprofundado porque nem sempre é tão simples essa definição.

É a prática que irá desenvolver a confiança, diante dos resultados obtidos.

Regras para sobrados:
A perfeita integração entre a área térrea e a área superior será definida pelo centro.
Quando coincide o centro, serão dois ba-guás, um para cada andar, porém as áreas de cima coincidirão com as do andar de baixo.

Se o centro não coincidir temos que analisar mais profundamente e intuitivamente decidirmos qual a melhor solução para criarmos simetria e equilíbrio para essa forma. O mais indicado será “criar” no andar de cima um “eixo” através do elemento terra com o centro do andar de baixo.

Quando a área do andar térreo for maior que a área superior e os centros coincidirem, não há problema.
Caso contrário a análise exigira um estudo mais profundo.

Formas muito assimétricas podem exigir a análise caso a caso.

Adiante, lembretes sobre essa importante questão:

O nascer do Sol corresponde ao Leste. Portanto, como temos 45 graus em cada área do BA-GUÁ, nascer do Sol e Leste não podem ser muito diferentes.
O mais importante é verificar a forma correta de colocar o ba-guá. Nossa referência maior é o centro, o eixo da casa. Definir o centro real é fundamental. Quando você quer colocar o ba-guá em todo o terreno é só estender as áreas, sem alterar o centro, para as análises principais e depois então em cada ambiente e nas outras construções do terreno quando houver (edícula, churrasqueira).

Pergunta: Quando tiver novo solstício ou equinócio e houver mudança da posição do nascer do sol no horizonte, é possível que cada área mude? Se sim, terei que refazer o ba-guá novamente na primavera?
Pequenas alterações ocorrem nos graus da incidência solar durante o ano. Faz parte da prática de Feng Shui Lógico uma atenção em relação às estações. Porém, não se esqueça que o mais importante é você fluir com as estações e sentir-se cada vez melhor, podendo assim ter mais saúde, bem-estar e felicidade. O mais importante é nossa percepção em relação aos movimentos das estações e seus significados e como representamos esse movimento da Vida Cósmica em nossa vida e em nossa casa. Estudar os trigramas e meditar sobre eles nos introduzem nessa dimensão cósmica. Esse é o sentido de todo esse estudo.

Curando centros de residências frágeis -:

Se houver aí banheiro; escada; fogão; corredor; lareira; duas ou mais portas alinhadas, é preciso estabilizar o mais possível essa instabilidade de energia. Esse é o local do Yin e Yang, onde o equilíbrio entre forças opostas e iguais geram a paz.
Quando não existe naturalmente, vamos “criar” a estabilidade no local, porque este é o lugar onde a energia deve ter condições de fluir suavemente, sem passagens, sem correntes de vento, sem atividades de muita agitação.
Exceções: locais de trabalho como casas de dança, academias precisam ser estudados à parte, analisando outros fatores que podem trazer a estabilidade desejada ao local.

Como se pode “criar essa estabilidade” em casos comuns, como residências?

Para criar estabilidade precisamos do elemento terra. Coloque um ou mais desses itens, da forma que for mais bonita e funcional possível. As cores recomendadas para o centro: amarelo e todos os tons de terra.
Amarelo é a cor da areia, tão necessária nas construções.
Os objetos que ajudam a estabilizar, “centrar” a energia nesse local: vasos em terracota, objetos pesados, espelhos bem colocados, luzes, tapetes em tons de terra, pedras, plantas que dão essa idéia, as formas quadradas ou retangulares, etc. As bolas de cristal facetado também podem ajudar.
Para finalizar, pense profundamente sobre o significado do centro que a simbologia chinesa nos ensina: o número do centro é o 5, porque é o número das quatro direções cardeais mais o ponto que corresponde ao centro, a intersecção desses pontos.
Isto porque a simbologia chinesa nos ensinou a não considerar jamais os quatro ângulos de um quadrado ou os quatro braços de uma cruz fora de sua relação necessária com o centro da cruz ou com o ponto de intersecção de seus braços. Esse ponto sustenta toda a figura.(Jean Chevalier/Alain Gheerbrant – Dicionário de Símbolos – Editora José Olympio – 13ª. Edição)

Neste link, mais sobre essa matéria:

Para aplicar o ba-guá o Feng Shui Lógico utiliza o centro da residência e não a porta de entrada

Stela Vecchi

A história do Feng Shui Lógico: como nasceu a adaptação do Ba-guá para o Hemisfério Sul?

Leia o Livro Feng Shui Lógico, Stela Vecchi, Ícone Editora, 2004

feng-shui-logico-stela-vecchi-icone-editora

Curso Básico com Stela Vecchi em São Paulo

Participe dos cursos ministrados por Stela Vecchi:
Feng Shui Lógico: Curso Básico, Avançado e Profissionalizante
Nos cursos de Feng Shui Lógico você recebe informações que serão úteis para toda sua vida, complementando essa matéria:
Veja como trazer harmonia para sua residência:
Feng Shui Lógico para Principiantes

Visite também o site: www.fengshuilogico.com