Os Cinco Elementos e a Harmonia do Feng Shui

Feng Shui Lógico e as relações entre as estações do ano e os Cinco Elementos
Entre todas as perspectivas estudadas pelo Feng Shui Lógico, a Perspectiva dos Cinco Elementos é uma das que mais exigem atenção. E mais difícil também, porque normalmente está representada de forma simbólica na decoração.

Além de compreender quais os elementos presentes, quais os faltantes, ainda é necessário equilibrá-los, não esquecendo de dar um destaque para o que rege o ambiente.

Verão – Plenitude da Vida – Máximo Yang
O lado Verão (Sucesso), também chamado Tai Yang (Grande Yang, Yang do Yang, ainda Máximo do Yang) deve ter predominância do elemento Fogo;

Outono – declínio do dia (por-do-Sol, início do Yin)
o lado Outono (Criatividade e Filhos Menores), também chamado Shao Yin(Pequeno Yin, ainda Yin do Yang) deve ter prodominância do elemento Metal;

Inverno – Yin é pleno – repouso, armazenamento de energia
o lado Inverno (Trabalho), também chamado Tai Yin (Grande Yin, ou Yin do Yin, ainda Máximo do Yin) deve ter predominância do elemento Água;

Primavera – levante do Yang, Faísca
o lado Primavera (Família e Saúde), também chamado de Shao Yang (Pequeno Yang ou Yang do Yin) deve ter predominância do elemento Madeira;

Os outros lados são considerados intermediários e são ativados de acordo com sua simbologia e elementos:

final do Verão, Relacionamentos: Elemento Terra;
final do Outono; Amigos e Viagens: Elemento Metal;
final do Inverno, Autoconhecimento e Espiritualidade: Elemento Terra e Madeira;
e final da Primavera, Prosperidade: Elemento Madeira e Fogo.

Lembrete: Elemento Madeira é representado principalmente pelas Plantas VIVAS.

Nossa percepção através dessa prática se torna cada vez mais aguçada e nossos conceitos sobre essa ligação com a natureza, cada vez mais perfeitos. E a felicidade, resultado da satisfação de nossas necessidades atuais, se torna constante em nossas vidas.
Feng Shui é simetria, é proporção, é conjunto, mas também é arte, é conhecimento dos Cinco Elementos nos ambientes, é julgamento estético, bom senso gerando sensações agradabilíssimas que alimentam nossa necessidade de conforto, beleza e integração com a Natureza.

O Elemento Fogo é usado para aumentar a motivação e a energia;

O Elemento Terra é usado para dar mais estabilidade e segurança;

O Elemento Metal é usado para aumentar a riqueza e a criatividade;

O Elemento Água usado é para trazer concentração e estimular as oportunidades;

O Elemento Madeira é usado para expandir e prosperar.

Instruções práticas:

Um ambiente ideal possui os Cinco Elementos.
Vamos compreender quando um elemento está bem representado ou não e quando está conflitante, necessitando de cuidados /curas extras.

Dependendo da área, é preciso verificar as quantidades necessárias para criar Ressonância. Locais escuros são problemas à parte em qualquer área, principalmente em áreas Yang (Primavera, Final de Primavera, Verão, Final de Verão, Outono).

1. Excesso de Fogo na área regida pelo Fogo: perigo, pode queimar
Fogo Médio: ideal
Pouco fogo: pode não criar Ressonância

2. Excesso de Fogo na área regida por Terra: pode não criar a Ressonância
Presença média de Fogo na área regida por Terra: fogo forma a terra, é positivo
Pouco fogo: também positivo

3. Excesso de Fogo ou presença média de Fogo na área regida pelo MetaL: pode derreter o metal, não criando a necessária Ressonância
Pouco fogo: ideal

4. Excesso de Fogo na área regida pela Água: conflitante
Fogo Médio: pode não criar a Ressonância
Pouco fogo: ideal

5. Excesso de Fogo na área regida pelo Madeira: não é positivo.
Fogo Médio: ideal
Pouco fogo: pode não criar Ressonância

6. Excesso de Terra na área regida pela Terra: pode criar rigidez, estabilidade excessiva
Presença Média: ideal
Pouco Elemento Terra: pode não criar Ressonância

7. Excesso de Metal ou presença Média de Metal na área regida pelo Fogo: o metal pode ser derretido pelo fogo, não criando a necessária Ressonância
Pouco metal: ideal

8. Excesso de Madeira na área regida pelo Fogo: pode não criar Ressonância
Presença média de Madeira na área regida pelo Fogo: é positivo
Pouca madeira: depende dos outros elementos

Essa análise deverá ser feita em relação a cada Elemento, tema aprofundado no Curso Avançado.

Stela Vecchi

Bibliografia: As Quatro Estações, anônimo, com citação de Huai Nanzi, capítulo 7.
Feng Shui Lógico, Ícone Editora, S.P.,2004

Como colocar o Ba-guá pelo Método Solar das Quatro Estações?

Neste link,

Confira a aplicação do ba-guá:Como aplicar o Ba-guá pelo Método Solar das Quatro Estações segundo o Feng Shui Lógico

Stela Vecchi é escritora e consultora de Feng Shui.
Autora do livro Feng Shui Lógico (Ícone Editora, SP, 2004), ministra cursos de Feng Shui Lógico, técnica que favorece a felicidade porque deixa sua casa harmoniosa e plena de energia benéfica e a alinha com os movimentos do planeta Terra, facilitando nossa conexão com a Natureza.
Autora do livro No Céu do Hemisfério Sul – Brasil, um Novo Começo, onde analisa a bandeira brasileira de um ponto de vista inédito.
Em seu terceiro livro, O Caminho da Sabedoria, através de uma história vivida em Machu Picchu, Stela nos faz refletir sobre o Amor e sobre o verdadeiro significado dos relacionamentos amorosos em nossa vida.

Visite também o site: www.fengshuilogico.com

7 Comentários

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *