Do Leste vem a Luz

O caminho que o Sol, com sua luz, percorre todos os dias sobre nós é que determina as direções Leste e Oeste.
Nosso glorioso irmão Sol, que é a maior fonte de energia para nosso planeta, sem o qual a vida na aqui na Terra não seria possível… E quando pensamos que é ele quem ilumina a Terra, e é através de sua luz que vemos as coisas com clareza, entendemos porque é farta na literatura de todos os povos a associação de Deus com a criatura que tem mais fidelidade com Sua natureza, o Sol. Na Bíblia Sagrada, Zacarias refere-se assim à vinda de Jesus: que nos vai trazer do alto a visita do Sol nascente.

Nossa forma de conhecer o invisível, é através da observação do que vemos.
Só assim podemos receber mais conhecimento e tornar o invisível, visível.
Refletindo nisso tudo, que o Sol surge pelas manhãs no Leste, que corresponde ao Oriente, e que o verbo orientar-se se originou daí, compreendi a necessidade de nos orientarmos através do Sol:do Oriente, ou Leste, vem a Luz do Sol, e todas as grandes religiões, que trazem a luz para o nosso espírito, nasceram lá.
Jesus também era oriental – nasceu no Oriente Médio – e sabemos o quanto a cultura em que nascemos influencia a forma como vemos a vida.

Como os orientais estão muito mais acostumados a perceberem e sentirem as influências que a natureza exerce sobre suas vidas, neste assunto temos muito a aprender com eles.

Conhecer o senso de orientação que o Sol determina é fundamental para nos sentirmos em casa – realmente à vontade – em relação à Vida, e responsável pela gostosa sensação de segurança que esse conhecimento nos traz.

Veja a importância que Jesus deu a esse conhecimento:

“Dizia ainda ao povo: Quando vedes levantar-se uma nuvem no poente, logo dizeis: Aí vem chuva. E assim sucede. Quando vedes soprar o vento do sul, dizeis: Haverá calor, e assim acontece –Jesus estava no Hemisfério Norte, aonde o calor vem do Sul. Hipócritas, sabeis distinguir os aspectos do céu e da terra; como, pois, não sabeis reconhecer o tempo presente? Por que também não julgais por vocês mesmos o que é justo?” Lucas, 12

Então, pelas Suas palavras, subtende-se que as pessoas estavam familiarizadas com os aspectos do céu. Que o povo da época observava o céu e a terra e conhecia os sinais que eles emitiam. Jesus se admira do fato de as pessoas não deduzirem outros conhecimentos a partir disso, de não saberem discernir o que é bom e o que não é. Os chama por isso de falsos…

Hoje, nos afastamos dessa simplicidade – vermos como está o céu e deduzirmos o tempo.
A simplicidade de saber que uma boa árvore dá bons frutos.
Ou a simplicidade de aplicarmos o que sabemos da Natureza em nossa vida prática, para entendermos nossos problemas pessoais, e nos relacionarmos com as pessoas de forma mais amena, compreensiva, amorosa.

A Natureza é uma grande mestra, sem dúvida. As grandes invenções foram criadas a partir de observações feitas do que acontece na Natureza. E é só olharmos para ela para compreendermos como animais tão diferentes coexistem em harmonia, como as flores podem ser tão diferentes entre si e no entanto, todas são tão belas… Porque não estender essa observação para a sociedade e convivermos em paz com nossas diferenças?

Os conhecimentos vários que possuímos hoje precisam ser sentidos como benéficos. Racionalizar tudo não nos leva à plenitude. Sem o coração sendo também ouvido, pouco podemos usufruir da Vida.
O que nos serve, nos permite maior compreensão, aumenta nossa capacidade de viver, deve ser agregado.
O que não, não nos serve. Pode até servir para outros — essa é a humildade que precisamos cultivar.

Stela Vecchi é escritora e consultora de Feng Shui.
Autora do livro Feng Shui Lógico (Ícone Editora, SP, 2004), ministra cursos de Feng Shui Lógico, técnica que favorece a felicidade porque deixa sua casa harmoniosa e plena de energia benéfica.
Autora do livro No Céu do Hemisfério Sul – Brasil, um Novo Começo, onde analisa a bandeira brasileira de um ponto de vista inédito.
Seu último livro, O Caminho da Sabedoria, é sobre o amor e sobre o verdadeiro significado dos relacionamentos amorosos em nossa vida.

Visite também o site: www.fengshuilogico.com

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *