A Bandeira Brasileira e a Astronomia – o que é uma esfera armilar?

esfera_armilar

Para compreender a bandeira brasileira precisamos conhecer a esfera armilar, instrumento utilizado pela Astronomia:

Muito mais antiga que o Astrolábio (precursor do sextante),
a Esfera Armilar teve sua invenção atribuída a Anaximandro de Mileto (611-547 a.C.),
filósofo grego que a idealizara para dar uma ideia dos movimentos aparentes dos astros.

A Terra era figurada no centro em forma de um pequeno globo, circundada por 10 anéis de metal de armilas, móveis e ajustáveis, representando: o meridiano, o equador celeste; o horizonte; os meridianos que passam pelos equinócios e pelos solstícios; a elíptica, algumas vezes contendo o zodíaco, dividido em 12 partes de 30 graus cada, simbolizando os 12 signos zodiacais; os dois trópicos (Câncer e Capricórnio); e os dois círculos polares (Ártico e Antártico). Esta esfera era empregada nas escolas gregas onde se ensinava Astronomia e a arte da navegação.

Assim, quando observamos o céu de uma esfera celeste, a Terra está no centro, e o espaço celeste à sua volta, e é vista pelo lado de fora, isto é, de um ponto fora da Terra. Por isso vemos as estrelas com posição invertidas: porque é assim que vemos o planeta Terra do Céu, de um ponto fora da Terra.

Planeta Terra
bandeira_4

cruzeiro_bandeira

Na bandeira nacional atual, a esfera armilar está representada através da esfera azul celeste, que representa o céu idealizado.

— As posições das estrelas na nossa bandeira correspondem à realidade?
bandeira_1

— Como as posições das estrelas e constelações não são rigorosamente científicas, devemos interpretar o desenho do céu em nossa bandeira como uma imagem estilizada, poética, artística, onde os idealizadores deixaram seus bons presságios para nosso país. E nos legaram uma visão cósmica a ser aprendida pelo nosso povo, já que uma bandeira é um símbolo para ser conhecido e amado por todos que vivem sob o céu e sobre o solo que ele representa e protege: porque um símbolo também tem a função de proteger quem o compreende e reverencia.

— Por que será que isso não é passado assim nas Escolas? Parece tão interessante, todos gostaríamos de conhecer mais sobre coisas tão importantes para nós… As escolas poderiam inclusive programar aulas ao vivo, durante a noite, para os alunos entenderem melhor o céu e nossa bandeira…

— Para mim, isso é um enigma maior do que essas associações que fiz… Por quê?! Só sei que a ausência dessas informações deixou de iluminar as cabecinhas de nossas crianças e adolescentes, e lhes tiraram a esperança em melhores dias. Sonhar e imaginar também é viver, e as melhores coisas que existem surgiram de grandes sonhos…Quem não analisa as questões de todos esses ângulos, chega a afirmar que a bandeira está errada… Mas estão analisando sem profundidade. A respeito desses erros, o próprio Teixeira Mendes argumentou que “não se tratava de construir propriamente uma carta do céu. Era preciso figurar um céu idealizado, isto é, compor uma imagem que em nossa mente evocasse o aspecto do céu, bem como os sentimentos que a evolução poética tem ligado a semelhante imagem”.
Os mistérios também fazem parte da vida. Talvez nem ele compreendesse tudo, talvez ele estivesse sendo inspirado a fazer o que fez, sem ter consciência de toda a importância disso.

Extraído do livro No Céu do Hemisfério Sul – Brasil, um Novo Começo de Stela Vecchi
livro_ceuhemisferiosul_stela_vecchi

Leia o livro na íntegra:

Download Grátis – A Bandeira Brasileira e a Educação no Brasil – Livro NO CÉU DO HEMISFÉRIO SUL, de Stela Vecchi

Stela Vecchi é escritora e consultora de Feng Shui.
Autora do livro Feng Shui Lógico (Ícone Editora, SP, 2004), ministra cursos de Feng Shui Lógico, técnica que favorece a felicidade porque deixa sua casa harmoniosa e plena de energia benéfica.
Autora do livro No Céu do Hemisfério Sul – Brasil, um Novo Começo, onde analisa a bandeira brasileira de um ponto de vista inédito.
Em seu terceiro livro, O Caminho da Sabedoria, discorre sobre o amor e sobre o verdadeiro significado dos relacionamentos amorosos em nossa vida.

Visite também o site: www.fengshuilogico.com

One Comment

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *