A Bandeira do Brasil e a Constelação do Cruzeiro do Sul

Uma interessante interpretação de nossa bandeira, a única no mundo que tem o retrato do céu estampado, desenhada por um astrônomo:

Já sabemos que a visão que o ser humano tem da vida se processa no cérebro. Ampliar nossa visão, o alcance dela, nosso horizonte interior, é ampliar a forma de vivermos e de vermos a vida. Quando olhamos para o céu daqui da Terra, vemos que a Constelação do Cruzeiro do Sul tem sua estrela intrometida à direita:portanto, da Terra, vemos uma parte da Realidade.
Constelação_Cruzeiro_Sul.1
É a visão de apenas um ângulo, do microcosmo. Agora, para compreendermos o porquê da estrela intrometida na nossa bandeira à esquerda, temos que nos imaginar em um ponto do espaço fora da Terra.
bandeira_4

Essa imaginação terá como resultado uma ampliação de nossa consciência, entenderemos isso e fatalmente iremos transpor essa percepção para as outras áreas de nossa vida, enxergando as circunstâncias de outros prismas.

Sabemos que muitos de nós nem precisariam desse “truque”, mas se pensarmos em termos do que significa ensinar isso para um povo… Portanto, vista de um ponto de fora da Terra, de um ângulo amplo de visão, onde se vê o todo e não apenas uma parte dele, veremos a estrela intrometida à esquerda. Eis a resposta para cada um de nós: é preciso ver a realidade de todos os ângulos para que nossa visão da Vida seja equilibrada e ampla.

Em outras palavras, você pensa que uma galinha enxerga a vida da mesma forma que uma águia?
Qual é o campo de visão que uma galinha alcança? E o campo de visão da águia, lá nas alturas?
– É claro que a águia vê mais e melhor…

– O Brasil precisa que o vejamos de um ponto fora da Terra, para que consigamos enxergar as soluções para seus problemas: diminuir o abismo cultural entre nós; formar cidadãos cada vez mais conscientes e felizes; elevar a dignidade dos que ainda estão excluídos ou marginalizados; diminuir a violência social e familiar. Não adianta pensarmos de forma pessimista. No entanto, o difícil é fazer as pessoas tentarem, de verdade, melhorar nosso estado de coisas. Cada escola que divulgasse a nova visão estaria contribuindo de forma consistente para a melhoria de nosso país.

O novo Brasil será formado por cada brasileiro que compreende o significado da estrela invertida na Bandeira brasileira e trabalha pela Paz Social, e o maior combate à violência social é feito através da Educação, Alimentação e Saúde, os pilares da evolução saudável de um povo.

– Mas, e as resistências às mudanças, ao que é novo?
– O novo dá um pouco de trabalho mesmo. Lembra da fase inicial de quando começamos a lidar com computador? Foi muito difícil para nós, que não estávamos acostumados, incorporar isso ao nosso dia a dia. Hoje é relativamente normal. No entanto, a geração que nasce nessa era, já nasce sabendo. O mais importante é entender que os dois modos de se ver a estrela intrometida estão certos: depende se temos uma visão da terra, do micro (à direita) ou do macro (à esquerda).

– Muitas vertentes espiritualistas afirmam que o Brasil é um país predestinado. Poderíamos relacionar essa questão com a estrela intrometida, que você acabou de explicar?

– É bem provável que os que projetaram nossa bandeira tenham deixado uma mensagem proposital impressa nela de forma a ser descoberta quando estivéssemos preparados para ver.

– Em que se baseia essa sua colocação?

– Analisando a bandeira de forma leiga, foi desenhado um globo azul com uma faixa no meio, que pode ser relacionada com a elíptica, e penso que o dividiram em Hemisfério Norte e Sul, tanto que foi colocada só uma estrela acima da faixa, representando o pedaço de terra do Brasil que está no Hemisfério Norte. Amapá e Roraima eram apenas territórios por ocasião da Proclamação da República. Então, o globo azul não representa só o Céu, o firmamento, mas também o Planeta Azul, a Terra.

E, como foi consultado um astrônomo, as estrelas na bandeira são um retrato do céu do dia da proclamação da república, a única no mundo com essa característica. Por causa de fato, daqui da Terra, a chamada estrela intrometida é vista à direita. Só que eles colocaram a estrela intrometida à esquerda, como se o Cruzeiro do Sul estivesse sendo visto fora da Terra. E esse é o sinal: talvez nós tenhamos que compreender o porquê disso. Além do mais é uma concepção bem avançada para a época ver a Terra de um ponto fora dela, você não acha? Imagine, o homem nem tinha ainda ido até a Lua!

A grande diferença é incorporarmos em nossa forma de ver a vida que tudo é relativo, e é preciso se ver as situações de um contexto mais amplo do que normalmente as vemos.
Nos veremos então como habitantes de um mesmo planeta, e essa é a grande união entre nós: apesar de nossas imensas diferenças, habitamos o mesmo lugar no Universo e a ação de cada um interfere no todo, para o bem ou para o mal.
Isso nos torna talvez o povo com mais condições de penetrar hoje na verdade de que somos realmente irmãos, de vermos o planeta Terra como um todo. Não é linda essa visão? E não é o que todos esperamos?
Como já dissemos, Paz é, mais do que nunca, o conhecimento e a aceitação das várias correntes que compõem o nosso mundo.
É como o oceano: ele é um só, banha vários continentes e possui características diferentes, mas é um só.
E precisamos nos reconhecer como gotas de água que precisam se integrar ao oceano da Vida: a gota d’ água possui a mesma natureza do oceano, é uma com o oceano, ela também é o oceano, mas o oceano é maior do que ela.
Ou ainda como a luz branca: a união e a plenitude de todas as cores…
E olhando de fora do nosso planeta, e ele inserido no Universo, fica mais fácil perceber essa verdade. Esse outro ponto nos brinda com uma outra percepção — de uma forma mais ampla — e assim podemos enxergar outras formas de viver nossa vida, em relação a nós mesmos e ao mundo: é preciso olhar para o céu para conhecermos nosso caminho, pessoal e coletivo.
— Lembra aquela música do Yes?

Look for an answer into your life
look for an answer
look to the sky…

Em uma tradução livre, significa que quando buscamos respostas para nossa vida, as encontraremos olhando para o céu…
– Não… não me lembro dessa música. A nossa bandeira revela tudo isso?
– De fato, deve haver muito mais para se descobrir. Lembre-se que cada um que estuda o símbolo pode estar contribuindo para sua elucidação. Estamos só no começo nessa área: ainda deveremos ampliar nossa visão e enxergar os acontecimentos, a História, do ponto de vista do conhecimento disponível de cada época: atitudes corretas em determinadas épocas, diante do que se conhecia da Vida e do conhecimento científico disponível, não são mais nos dias de hoje, precisam ser corrigidas. Isso pode transformar um povo em relativamente pouco tempo: dependendo do empenho real que se faça para divulgar e ensinar da forma correta tudo isso, principalmente nas escolas de nosso país, associado ao método Feng Shui Lógico.


– Só a bandeira do Brasil tem a Constelação do Cruzeiro do Sul?

Bandeira

– Não. Veja quais países também têm o Cruzeiro do Sul em suas bandeiras:

A Austrália,

bandeira_australia

o Território da Austrália chamado Christmas Island,
250px-Flag_of_Christmas_Island.svg[1]

Nova Zelândia,
nova_zelandia

Papua,
bandeira_papua_grande

Samoa Ocidental.
samoa_ocidental

Todos no Hemisfério Sul, na Oceania, o Novíssimo Continente, e todas com a intrometida à direita, como se vê aqui da Terra. Só a do Brasil tem as estrelas vistas de um ponto do espaço, fora do planeta.

bandeira_4

– Será que eles têm a vocação parecida com a do Brasil?
– Pode ser. De qualquer forma é uma grande afinidade esses povos terem símbolos semelhantes.

– Uma curiosidade que me ocorreu agora: será que existe uma bandeira com a estrela indicadora do Pólo Norte, a Estrela Polar, ou Polaris?
– Encontrei, sim. A bandeira do Alasca representa a constelação da Ursa Maior, visível no Hemisfério Norte e a Polar em destaque. O Alasca é o maior estado norte-americano e se localiza bem próximo ao Pólo Norte.
Sua bandeira tem oito estrelas douradas, das quais sete formam a constelação da Ursa Maior, visível no Hemisfério Norte. A oitava estrela, situada na extremidade superior direita da bandeira, representa a Polar, ou Estrela do Norte.

bandeira_alasca_grande

Extraído do livro No Céu do Hemisfério Sul – Brasil, um Novo Começo de Stela Vecchi
livro_ceuhemisferiosul_stela_vecchi

Acesse o link para download do livro:

Download Grátis – A Bandeira Brasileira e a Educação no Brasil – Livro NO CÉU DO HEMISFÉRIO SUL, de Stela Vecchi

Veja também Fotos da aplicação do Feng Shui Lógico em uma Escola Pública
http://blog.fengshuilogico.com/2008/10/27/feng-shui-nas-escolas-publicas/

Para conhecer as áreas de sua casa ou de sua escola segundo o Feng Shui Lógico, acesse o link, neste blog:
http://blog.fengshuilogico.com/2009/01/16/bagua-aplicado-pelo-metodo-solar-das-quatro-estacoes-feng-shui-logico/#more-214

Stela Vecchi

Stela Vecchi é escritora e consultora de Feng Shui.
Autora do livro Feng Shui Lógico (Ícone Editora, SP, 2004), ministra cursos de Feng Shui Lógico, técnica que favorece a felicidade porque deixa sua casa harmoniosa e plena de energia benéfica.
Autora do livro No Céu do Hemisfério Sul – Brasil, um Novo Começo, onde analisa a bandeira brasileira de um ponto de vista inédito.
Seu terceiro livro, O Caminho da Sabedoria, é sobre o amor e sobre o verdadeiro significado dos relacionamentos amorosos em nossa vida.

Visite também o site: www.fengshuilogico.com

One Comment

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *